Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 10 de janeiro de 2012
Autora: Cheryl Holt
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 296
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228307

Sinopse:
Kate Duncan concorda um ajudar a prima a conquistar um marido até que percebe que a jovem deseja usar uma suposta poção de amor para seduzir Marcus Pelham. Para provar que o elixir não passa de uma bebida sem qualquer efeito mágico, Kate bebe-o e vive o momento mais sensual da sua vida ao apanhar Marcus em plena sessão amorosa com outra mulher. Todos os nervos do corpo de Kate reagem ao observá-lo no meio das sombras, mas o despertar dos sentidos será uma consequência da poção ou do atraente homem? Felizmente, Marcus não repara que Kate o espia, ou pelo menos ale assim o pensa…

Na qualidade de conde de Stamford, Marcus tem a seus pés muitas mulheres. Contudo, nada o excitou mais como a imagem de Kate a observá-lo. Marcus vai então seduzir Kate e bebe, também ele, a poção. Contudo, o jogo assume contornos inesperados quando Marcus se vê verdadeiramente atraído pela inocente Kate. Ao ensinar-lhe a excitante arte da sedução, será que se apaixona perdidamente pela primeira vez? E será ele capaz de amar uma única mulher para o resto da vida?


Opinião:
Nunca tinha lido nenhum livro desta autora, mas todas as críticas que havia lido diziam que este era um livro fantástico, romântico e muito sensual. E foi com algumas expectativas que lhe peguei, numa altura em que os únicos livros que vejo à minha frente são de tudo menos de relax.

Foi assim que entrei no mundo de Cheryl Holt, mais concretamente no mundo de Kate Duncan e Marcus Stamford, um famoso conde, não só pela sua fortuna e aspecto mas também pela sua vida mundana.

Kate encontra-se aprisionada. Tendo sido uma menina feliz, livre e uma verdadeira princesa, tudo mudou quando a paixão louca da mãe pelo amante a fez abandonar a família levando ao suicídio do pai de Kate, suicídio este não por amor mas por vergonha do que lhe tinha sucedido. Triste e sozinha, Kate é adoptada pela tia, uma mulher cruel, fria e calculista, cujo único objectivo é casar a sua filha - uma rapariguinha fútil que faz tudo o que a mãe quer e absolutamente sem personalidade - com alguém rico e que lhes possa trazer uma boa fortuna. A crueldade da tia de Kate deste cedo se começa a manifestar, especialmente renegando sempre Kate e fazendo de tudo para que esta não dê nas vidas, fazendo a sua vida um autêntico inferno e trantando-a como se fosse uma pobre criada ao seu serviço.

Mas Kate sobrevive a tudo isto. Desde cedo convencida de que era uma pessoa feia e sem graça pela família, Kate escondia-se debaixo de vestidos cinzentos demasiado feios para serem reais e usava sempre uma capa com capuz a fim de esconder o seu farto cabelo ruivo (pois a tia sempre lhe disse que esse cabelo a faria ser como a mãe, uma traidora meretriz). Mas apesar de tudo Kate é inteligente, forte e muito decidida e cujo único desejo é arranjar forma de sair daquela casa e ser feliz. Um dia, a sua prima pede-lhe (melhor, ordena) que esta despeje uma poção de amor da bebida de Marcus Stamford, de forma a que este casasse com ela e fossem felizes para sempre. Mas Kate, mais do que convencida que a poção não passava de uma mentira bebe-a, sendo de imediato invandida por uma força e curiosidade nunca antes sentidas, acabando por parar no quarto do conde de Stamford, que naquele momento estava um pouco ocupado com a sua companhia. Sem vergonha, Kate observa Stamford enquanto este está na cama com a sua "amiga" de infância e também madrasta, pensando que este não a via. Mas foi bem enganada, quando no dia seguinte Stamford, encantado com a beleza da rapariga dos cabelos ruivos da noite anterior, a foi procurar e lhe fez um ultimado.

Demasiado apaixonada para resistir, Kate acaba por cair no encantos de Stamford, mas este também não a acha indiferente na sua vida. Mas Kate aparenta ser um elo de baixa classe social, e Stamford tem demasiado a perder se casar com ela. Além disso ciúmes e ódios é o que não falta aos mais chegados dos dois apaixonados, que tudo fazem para que as suas vidas fiquem um verdadeiro inferno.

E sim, este livro não só encheu as minhas expectativas, como as superou! É um romance sensual, como a própria capa do livro anuncia, mas é um romance sensual que tem poucas cenas picantes, sendo o resto um belo romance em que, com uma escrita fluída, nos transporta para uma outra época e para a vida das duas personagens principais, duas pessoas que sofrem uma pela outra, sem saberem bem o que as levou a tal loucura. Com personagens inesperadas, com algumas reviravoltas e com uma história interessante, é um livro que eu gostei imenso e que sem dúvida alguma me fez querer ler o outro livro da autora também publicado pela Quinta Essência, Ligações Proibidas, um livro que já vi em imensos tops do ano como um dos livos favoritos de imensas pessoas!

Outro ponto que tenho a apontar é o pormenor da fita na capa do livro. O livro tem uma fitinha que dando uma lanço o fecha e fica muitíssimo bonito e parece que aumenta o mistério, como a dizer "tenho aqui algo secreto para te mostrar". Um pormenor da editora que eu achei encantador!

Leiam este livro, li-o em menos de um dia e foi uma leitura muitíssimo agradável! Mais do que recomendado!

1 devaneios :

Gabrielle disse...

Esse livrinho está cá em casa para ler!

Tenho cá 2 livrinhos novos em folha e baratuchos para venda, se estiverem interessados!

http://esempreumpoucodepois.wordpress.com/2012/01/09/e-pro-menino-e-pra-menina/

Beijos!