Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012
2011 foi um ano cheio de boas leituras e embora eu inicialmente não tenha pensado em fazer nenhum top do ano, pois cada livro é especial à sua maneira, como recebi alguns emails a perguntar se podia fazer um top, porque não?

Então aqui vão, 10 livros que foram provavelmente os que me tocaram mais, o que me fizeram viver mais aventuras e os que fizeram sonhar mais alto:








Os livros não estão por nenhuma ordem especial, pois sinceramente não sei por que ordem os meteria, mas posso dizer que:

Não há Bela sem Senão é um livro simples, com muito drama e que fala essencialmente do sentimento de culpa;

- A Vida Imortal de Henrietta Lacks é um livro que embora seja científico é um científico romanceado, o que faz com que muitas informações que pudessem ser complicadas de perceber por pessoas que não estão dentro do assunto sejam simples e fáceis de entender;

- Os Jogos da Fome e Em Chamas são dois livros de uma trilogia fantástica! Provalvelmente a melhor saga que li em 2011!! Um livro que tem de tudo e com uma história muitíssimo boa;

- O Parente Mais Próximo, um livro que me supreendeu imenso pelas suas personagens e pela caracterização destas, mostrando que o ser humano pode ser desprezível, mas ao mesmo tempo pode ser algo maravilhoso;

- O Leitor foi um livro que me prendeu pela sua simplicidade. Um livro muitíssimo simples, escrito de forma simples e com uma história igualmente simples, mas que nos prende e que gostei muito;

- Um Amor em Segunda Mão, provavelmente o livro que mais me surpreendeu este ano, pois não sei porquê não dava muito por ele, mas acabei por o adorar e sinceramente acho que este foi para mim o melhor livro de 2011!;

- Nunca Me Esqueças, o meu romance de estreia desta autora, nunca tinha lido nada dela e há quem diga que comecei por um dos melhores que ela tem. Misturando realidade e romance, a autora cria um livro lindíssimo, onde seguindo a vida da personagem principal, vemos que com coragem e inteligência qualquer pessoa conseguirá ir longe;

- Angelologia, um livro que ou se odeio ou se adora! Já vi que muitas pessoas consideraram este um dos piores livros lidos do ano de 2011, mas para mim é precisamente o contrário... Foi sem dúvida um dos melhores livros que li e é daquelas coisas, é um livro que ou se odeia ou se adora, não há meio termo;

- A Contadora de Filmes, é um livro pequeno, rapídissimo de se ler, mas com uma história linda e tocante de uma rapariga com um talento nato para contar histórias, talnto esse que lhe muda a vida :)

0 devaneios :