Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 2 de agosto de 2011
Surgiram-me imediatamente dois títulos para esta categoria... Um deles foi um livro que me marcou pela negativa quando era mais nova... o outro li-o recentemente e nunca pensei simplesmente não ter paciência para o terminar.
O primeiro livro que não consegui terminar, As Cartas do Meu Moinho... Juro que tentei mas os contos (as tais "cartas") tinham o seu quê de estranho... e olhem que isso vindo de alguém que adora livros com ingredientes diferentes do normal e com a sua própria estranheza é dizer algo!! Eu lembro-me que este livro me marcou pela positiva e foi um livro que nem tentei pegar de novo. Provavelmente passado tantos anos leria-o com uns "olhos diferentes", mas marcou-me de tal forma que nunca mais lhe toquei e foi dos poucos livros que dei. Pode parecer uma justificação, perguntarem "Porque é que não gostaste?" e a responda ser "Simplesmente era estranho demais,", mas essa é a verdade e não é um livro que eu volte a tocar.

Emma de Jane Austen. Não, não estava à espera de não gostar deste livro, afinal é um dos clássicos da literatura, mas a verdade é que foi isso que aconteceu! Irão ver brevemente a minha opinião deste livro aqui no blog, mas posso dizer que a maneira de ser de Emma irritou-me profundamente. Sim, é verdade, tinha bons pontos do seu lado, o facto de ser lutadora, saber o que queria, a sua inteligência... mas usar essas qualidades da maneira que ela usou... Embora seja bom termo-nos em conta, ela tinha-se demasiado em conta e não sei se fui eu que simplesmente não me liguei com o livro, mas achei-a demasiado metediça e muitíssimo mimada. Possivelmente se eu tivesse terminado o livro a opinião poderia ser mais positiva - ou não -, mas por muito que tentasse não o consegui terminar... Pode ser que tente de novo daqui a uns tempos.

1 devaneios :

Maria João disse...

Detestado é uma forma de dizer, porque se o detestei, o mais certo é nem ter chegado a acabá-lo. Pois sai um: O Regresso do Paladino de Antonio Sarabia. Não o terminei porque não tinha paciência para a história de um escritor e da sua história que tentava escrever...Bjs. Maria João