Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Até 24 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012
Autor: José Paulo Viana
P.V.P.: 13,95 €
ISBN: 9789898452948
Nº de Páginas: 312
Editora: Clube do Autor 


A Matemática está em todo o lado. Às vezes completamente às claras, outras vezes bem escondida, disfarçada e oculta, mas, se soubermos olhar, lá a encontraremos. Na primeira parte deste livro, tentaremos mostrar como a Matemática influencia a nossa forma de estar no mundo. Trazendo-a ao de cima em várias situações, permite-nos ficar com uma visão mais rica da realidade. Certos capítulos correspondem a artigos publicados na revista Educação e Matemática, da Associação de Professores de Matemática. Outros capítulos abordam questões que foram apresentadas em conferências de divulgação científicas. A segunda parte do livro é constituída por 50 desafios propostos no jornal Público, com as respectivas soluções. O critério seguido foi ordená-los dos mais fáceis para os mais difíceis. A Matemática necessária para os resolver é a elementar, embora os raciocínios e os métodos possam ser, em certos casos, bastante elaborados. Descobrir a Matemática escondida em muitos fenómenos naturais ou sociais permite entendê-los, interpretá-los, prevê-los e controlá-los. Para uma vida sem problemas.


José Paulo Viana nasceu em Angola e vive em Lisboa, onde é professor de Matemática na Escola Secundária Vergílio Ferreira. Foi desde sempre um entusiasta das probabilidades, das matemáticas recreativas, dos problemas e da magia matemática. Faz sessões e conferências de divulgação por este país fora, tentando mostrar os aspetos lúdicos, divertidos ou insólitos duma ciência que tão mal-amada é por uma parte significativa dos portugueses. Mantém há mais de vinte anos a secção semanal de Desafios no jornal Público.

0 devaneios :