Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 11 de julho de 2012


Título: Miramar

Autor: Naguib Mahfouz
Tradução: Badr Hassanein
Páginas: 192
PVP: 15,90 €

Alexandria, anos 60. Pensão Miramar. O porto de abrigo de Zohra, uma jovem camponesa que aqui encontra emprego e refúgio de uma família tradicionalista e opressora. Este extraordinário romance de Naguib Mahfouz, vencedor do Prémio Nobel em 1988 e descrito pelo The New York Times como o Balzac do Egito, apresenta as vozes de seis personagens que representam visões diferentes da sociedade – e opções políticas – do Egito da época.
Miramar é o oitavo romance publicado pela Civilização e sublinha-se que os seus livros são traduzidos diretamente do árabe para o português.
Num momento em que, graças à Primavera Árabe, o Egito dá os primeiros passos rumo à democracia, este livro não podia ser mais atual. “Com Miramar, encontramo-nos nas mãos de um romancista notável que conhece profundamente os problemas complexos, e a alma complexa, do seu país”, escreve John Fowles na introdução do livro.


Naguib Mahfouz nasceu no Cairo em 1911. Modernizou a literatura árabe, sendo considerado um dos seus maiores vultos. Foi o único escritor de língua árabe a ser galardoado com o Prémio Nobel da Literatura. Publicou 34 romances, mais de 350 contos, dezenas de argumentos cinematográficos e cinco peças ao longo de uma carreira de mais de 70 anos. Viveu com a mulher e as duas filhas na sua cidade natal até falecer, em 2006.

0 devaneios :