Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 1 de outubro de 2012
Título: Jorge Sampaio – Uma Biografia (Volume I)
Autor: José Pedro Castanheira
Págs: 1064
PVP: 24,90 €

Esta não é só a história de um homem especial. Através da biografia de Jorge Sampaio vai-se fazendo o retrato de uma geração que lutou contra a ditadura e ajudou a construir a democracia. É o relato do último século da vida política portuguesa. O autor, José Pedro Castanheira, teve acesso ao vastíssimo arquivo particular do ex-Presidente da República. E entrevistou uma centena e meia de pessoas: familiares e amigos, colegas de advocacia e companheiros das lides políticas, mas também vozes críticas, opositores e adversários. O resultado final é um trabalho absolutamente único. Um documento histórico impressionante e valioso.


José Pedro Castanheira nasceu em 1952 e é jornalista profissional desde 1974. Estudou Economia no ISCEF e tem uma pós-graduação em Jornalismo pelo ISCTE e Escola Superior de Comunicação Social. Foi jornalista do diário «A Luta», de que foi chefe de redação. Em 1979, ingressou no semanário «O Jornal», onde coordenou um gabinete de grande reportagem e investigação. Desde 1989 que pertence aos quadros do semanário «Expresso», onde tem a categoria de repórter principal. Especialista em assuntos sociais, dedicou-se nos últimos anos à grande reportagem e ao jornalismo de investigação, em particular sobre a história recente de Portugal e das ex-colónias.
Ganhou alguns dos mais prestigiados galardões de jornalismo atribuídos em Portugal: Prémio Macau de Jornalismo (1990) e Prémio Nacional de Reportagem de Imprensa (1993), ambos do Clube de Jornalistas; Primeiro Prémio de Reportagem (1993 e 1997), do Clube Português de Imprensa; Jornalista do Ano (1994), do Clube de Jornalistas do Porto; Grande Prémio Gazeta (2002), o principal prémio de jornalismo existente em Portugal; Medalha de Ouro comemorativa do 50º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem (2004); Menção Honrosa do Prémio Cáceres Monteiro (2011). Fez parte dos corpos gerentes do Sindicato dos Jornalistas em vários mandatos, tendo sido eleito presidente da direção no biénio 1985/86. Em 1998 presidiu à Comissão Organizadora do 3º Congresso dos Jornalistas Portugueses.
Autor de vários livros, assinou reportagens em todos os territórios que, a 25 de Abril de 1974, ainda faziam parte, mesmo que nominalmente, do então «império»: os cinco países africanos de língua oficial portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe), o enclave de São João Baptista de Ajudá (no Benim), Goa, Damão e Diu (na Índia), Macau e Timor-Leste. Cobriu, como enviado especial, as guerras na Croácia (1991/92), na Guiné-Bissau (1998/99) e em Timor-Leste (1999).

0 devaneios :