Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo #1

Passatempo #1
Até 24 de dezembro

Passatempo #2

Passatempo #2
Até 27 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 11 de outubro de 2012
PVP: 15,50 €
244 Páginas

A centenária fábrica dos “Pastéis de Belém”, já a laborar no tempo em que decorre o novo romance de Mário Zambujal, será palco de outras tropelias que não as de Rodrigo Favinhas Mendes, o bom malandro de Cafuné, no próximo dia 16 de outubro, terça-feira, pelas 18h30. 
A jornalista Ana Sousa Dias apresentará o novo livro do escritor numa incursão histórica pelos primeiros anos do século XIX, altura crítica das invasões francesas e da partida da família real para o Brasil. 
É aqui que acompanhamos a história de Frei Urbino, um frade que se cansou do mosteiro, e de Rodrigo, moço empolgado por encantos femininos, que no Brasil aprenderia a designação da carícia preferida. Por estes e outros mimos o leitor conhece também Dália e Lucrécia, damas participantes nas tropelias de Rodrigo. 
Com o seu estilo inconfundível, Mário Zambujal entrelaça neste romance momentos da História de Portugal com episódios de ficção em que as marcas de originalidade e de humor conduzem o leitor ao sorriso, à gargalhada e à reflexão. 


Mário Zambujal estreou-se na literatura em 1980 com a Crónica dos Bons Malandros, a que se seguiram vários outros títulos. Atual presidente do Clube de Jornalistas, passou pelos ecrãs da televisão e por vários jornais.

0 devaneios :