Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 15 de junho de 2012
Autora: Madeline Hunter
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 336
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892316727


Sinopse:
Eles não têm absolutamente nada em comum. Lady Reyna é uma mulher virtuosa e erudita, que preferia morrer a quebrar uma promessa ou voto. Ian de Guilford é um sensual mercenário, um cavaleiro errante cujo temperamento fogoso lhe valeu a alcunha de Senhor das Mil Noites. Ela não conhecia a sua fama quando, fazendo-se passar por cortesã, transpôs as linhas inimigas com um plano desesperado para salvar o seu povo. Agora que está frente a frente com o guerreiro a cujos encantos, diz-se, é impossível resistir, Reyna apercebe-se de que subestimou o seu inimigo. Ele está decidido a tudo para subjugar a sua virtude. A bem do seu povo, ela não pode ceder... e a sua audácia leva-a a fazer algo com que nunca sonhou: pôr em jogo o seu coração.


Opinião:
Houve uma altura em que eu já estava neste mundo literário e todos diziam "lê Madeline Hunter! uma das melhores autoras de romance de sempre!", lembro-me que nessa altura dizia que sim, iria ler uns livros dela e assim mas nunca tinha pressa. Mas deste que li algo dela, todos os novos livros que saiem eu faço os possíveis para o ler e passa logo para lista de prioridades. E foi o que aconteceu a este livro, um livro que quando me chegou às mãos passou logo a ser um livro prioritário!


Lady Reyna quer salvar o seu povo da invasão iminente do cavaleiro Ian de Guilford. Assim, sendo uma mulher decidida, corajosa e um tanto louca, finge ser uma cortesã e vai ter com o comandante da invasão, tentando seduzi-lo de forma a matá-lo. Mas Ian não é só mais uma cara bonita num corpo de sono, é um homem muito inteligente e eloquente, que se apercebe dos planos de Lady Reyna, e salva-se, deixando-a regressar a casa mas avisando-a de que não falta muito para deixar de ser a senhora do castelo. Mas apesar das características referidas, Ian de Guilford tem uma grande reputação com as mulheres, caindo todas estas a seus pés, não esperando assim que Reyna seja mais díficil e resistente do que aparentava, acabando por se criar uma relação de gato e rato, cheia de jogos de sedução. Reyna encontra-se assim dividida entre um homem difícil mas que lhe faz o seu coração bater a mil à hora e o seu povo, amigos e família, que esta jurou proteger, virando-se inclusivé contra Ian para a defender e ajudar! Tendo como grande legado do seu marido uma grande coleção de livros, os seus amigos e refúgio nas horas complicadas, Reyna acaba por descobrir que um dos muitos motivos que leva à invasão não é apenas a expansão de território, não é a riqueza do reino em si, mas sim um segredo que sempre esteve mais perto de si do que esperava.

Com uma escrita leve, fácil e absorvente, como a autora já nos habituou, este é um romance de uma mulher difícil mas com muito amor para dar, que adora os seus e que nem um homem de sonho a faz recuar perante o perigo se a sua família estiver em jogo. Esse homem de sonho acaba também por se revelar alguém não tão perfeito como todos julgam, sendo um homem que já sofreu mais do que aquilo que mostra e sendo alguém a quem a vida já pôs muitas vezes à prova.

Mais um livro excelente da autora, de que todos irão gostar para um momento relaxante.

0 devaneios :