Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo #1

Passatempo #1
Até 24 de dezembro

Passatempo #2

Passatempo #2
Até 27 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 3 de agosto de 2012
Autor: Pierre Lemaitre
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 320
Editor: Sextante Editora
ISBN: 978-972-0-07166-8
Coleção: SEXTANTE TOP

Sinopse:
Quem conhece verdadeiramente Alex? Ela é bela. Excitante. É por isso que a raptaram e torturaram de forma inimaginável? Quando o comandante da polícia Camille Verhœven descobre por fim o local do sequestro, Alex já tinha desaparecido. Alex, mais inteligente que o seu carrasco. Alex, que não perdoa a ninguém, que nada esquece.
Um thriller gelado que joga com os códigos da loucura assassina, um mecanismo diabólico e imprevisível, onde nos encontramos com o enorme talento de Pierre Lemaître. Alex foi um dos romances finalistas do Grand Prix de la littérature policière 2011.


Opinião:
Como vocês sabem eu sou daquelas leitoras que lê um policial ocasionalmente, e nem todos me chamam a atenção. Mas este chamou-me imenso a atenção, quer pela sinopse quer pela capa maravilhosa!

Alex é uma mulher lindíssima. Com um gosto particular por perucas e disfarces, tem um dia como qualquer outro. Levanta-se cedo, vai trabalhar, sai para jantar e, supostamente, volta a casa. Mas o problema é que não volta a casa! Apanhada de surpresa por um estranho homem, Alex é drogada e violentamente posta dentro de uma carrinha. Assustada, acorda sozinha ao lado do homem que a raptou, cuja primeira ordem é para ela se despir. Desconfiando das verdadeiras intenções do raptor, Alex prepara-se para ser violada ali naquele chão frio e imundo. Qual não é a sua surpresa quando o raptor a manda entrar numa caixa que se assemelha muito a uma jaula. Uma jaula com um tamanho que não a deixa ficar totalmente em pé, mas também não a deixa sentar-se, um verdadeiro aparelho de tortura lenta e cruel.

Do outro lado temos Camille Verhœven, um polícia que perdeu a mulher. Esta fora raptada e acabou por encontrá-la demasiado tarde. Um homem com os seus fantasmas pessoais que o impedem de aceitar casos em que é necessário um envolvimento demasiado pessoal, acabando por trabalhar nos últimos tempos em pequenos roubos. Quando o seu superior lhe dá o caso de Alex, Camille inicialmente quer recusar, mas acaba por aceitá-lo temporariamente. Mas um caso de rapto não é nunca um caso temporário e Camille acaba por entrar nele de alma e coração.

Este livro é absolutamente espectacular! Encontra-se dividido em três partes distintas. Na primeira temos o rapto, onde ficamos a conhecer o inspector da polícia a quem foi entregue o caso. Um homem atormentado, mas muito decidido e bom no seu trabalho. Aqui também nos é dada a conhecer Alex. Talvez não possa dizer bem conhecer, mas a travar conhecimento com, porque no primeiro capítulo não conhecemos realmente esta personagem feminina, embora consigamos ver que esta tem uma grande determinação, coragem e inteligência.

Na segunda parte da história é quando esta dá uma reviravolta de 180º, onde toda a história como a conhecíamos até aí toma contornos inesperados. Alex mostra-se uma personagem diferente e muito perigosa. Camille encontra-se a monte com um assassino em série que ele como ele não via há anos!

Por fim, na terceira parte, são postos todos os pontos nos i's. Através de revelações chocantes e perturbadoras, acabamos em mãos com um final fantástico e deveras fascinante.

Que posso dizer deste livro. Foi dos melhores livros que li este ano, senão mesmo o melhor! Com personagens inesquecíveis, especialmente Alex, este é um romance que fala da natureza cruel e desprezível de muitos homens e de uma mulher que decidiu nunca esquecer o passado e nunca perdoar a ninguém. Com pequenos capítulos bastante chocantes e com descrições que nos levam para dentro do livro e nos arrepiam, este é um livro violento sobre a verdadeira vingança. Um livro macabro e um dos melhores thrillers que li até hoje. Uma obra prima que recomendo a todos aqueles que têm um estômago forte.

Parabéns Sextante Editora!
Link

0 devaneios :