Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Duquesa Acidental" de Madeline Hunter

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 3 de outubro de 2012
Autora: Julia Quinn
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 384
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892320144

Sinopse:
A sensata Kate Sheffield está decidida a encontrar para a sua meia-irmã Edwina um marido de reputação impecável. Mal ela sabe que o visconde Anthony Bridgerton já traçou um plano... que inclui a belíssima jovem! E ele não está habituado a ser contrariado... Embora Anthony seja o solteirão mais cobiçado da temporada, a sua reputação de mulherengo perturba Kate. Ela terá de agir rapidamente, pois Edwina vê com muito bons olhos os avanços do visconde. Mas Edwina fez uma promessa que não está disposta a quebrar: nunca casará sem a bênção de Kate. Cabe, pois, a Anthony convencer aquela que (espera) será a sua futura cunhada. Ele é um homem determinado e seguro de si... e não contava encontrar uma adversária à sua altura. Frente a frente, Kate e Anthony apercebem-se de que têm mais em comum do que imaginaram. Mas o que os une ameaça separá-los para sempre.


Opinião:
Este é um livro que pertence à série Bridgertons, que devo admitir que ainda não li o primeiro volume. Emprestei-o e acabei por não o ler antes deste. Mas isso não me impediu de adorar esta história!

Kate Sheffield sabe que a sua família está na corda bamba. As suas posses estão escassas deste a morte do pai e isso impediu-a de ter tido a sua temporada na altura devida, pois a viagem era demasiado cara. Assim quando vai aos seus primeiros bailes, fá-lo já com 21 anos, numa altura em que a irmã mais nova, Edwina, pode também debutar. Acabam as duas por viajar e ter a sua altura de debutante em Londres ao mesmo tempo que o famoso e mal afamado visconde Anthony Bridgerton decide arranjar finalmente uma esposa e assentar. Conhecido por ser um mulherengo incurável, Anthony decide que quer uma mulher espirituosa, inteligente e bonita para esposa e acaba assim por colocar os seus olhos em cima de Edwina, que fora considerada a debutante mais bonita daquele ano.

Mas mal Kate descobre este súbito interesse do visconde pela irmã decide de imediato tomar medidas, algo que Edwina não se importa, pois esta admitiu em público que apenas casaria com alguém que a irmã gostasse e admirasse. É então que Kate começa a fazer de tudo para Anthony e Edwina nunca estarem juntos sozinhos e nunca esconde a sua má vontade para com o visconde. É aí que começamos deste logo a ver as faíscas que existem entre Kate e Anthony que não perdem um único momento para se irritarem mutuamente e discutirem, enquanto lutam contra o sentimento carnal que ambos sabem que existe entre eles antes mesmo de se conhecerem.

Gostei muito do livro. Já tinha ouvido falar imenso da autora mesmo antes de os livros começarem a ser editados em Portugal e houve inclusive um momento em que considerei encomendar os livros em inglês antes de saírem na nossa língua mãe. Mas agora que estão a sair irei sem dúvida continuar a comprá-los à medida que forem editados. A autora escreve de uma forma divertida e fluída e cria personagens divertidas, fortes e que ligam muito aos amigos e família. Tanto Anthony como Kate são prova disso. São duas pessoas que inicialmente não se dão bem por isso mesmo, por serem muitíssimo parecidos um com o outro. Ao serem ambos tão casmurros e decididos estão sempre a retaliar as investidas um do outro o que acaba por se tornar no grande ingrediente de todo este livro. O leitor percebe de imediato que entre estes dois algo vai acontecer e fica logo curioso com o desenvolvimento da história, afinal de contas neste livro não acontece o que em muitos outros se vê, ou seja, nas primeiras 10 páginas dizem que se odeiam e depois adoram-se logo. Não. Neste livro é-nos transmitido através da escrita da autora o ódio que estes sentem inicialmente. Ódio esse que se inicia pelas más línguas e pelos rumores, que fazem de Anthony a pior pessoa que vive à face da Terra, tornando assim Kate demasiado protectora em relação a Edwina o que a torna respondona para com Anthony.

Gostei muito deste livro e mal me regresse de novo para as mãos o primeiro volume da saga irei logo começar a lê-lo!

0 devaneios :