Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 7 de novembro de 2012
Autora: Alexandra Adornetto
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 392
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896572419

Sinopse:
Três anjos - Gabriel, o guerreiro; Ivy, a curandeira; e Bethany, a mais jovem e humana de todos - são enviados para levar o Bem a um mundo que sucumbe ao poder das trevas.
Esforçam-se por esconder o brilho luminoso que os envolve, os poderes sobre-humanos que detêm e, representando o maior dos perigos, as asas, ao mesmo tempo que evitam qualquer tipo de relação com os humanos. 
As Bethany conhece Xavier Woods e ambos se revelam incapazes de resistir à atração que sentem um pelo outro. Gabriel e Ivy tentam tudo para impedir aquela relação, mas o sentimento que une Xavier e Bethany é demasiado forte. 
A missão dos anjos é urgente e as forças das trevas são ameaçadoras. Irá o amor lançar Bethany na perdição ou salvá-la?


Opinião:
Este foi um livro que me surpreendeu pela positiva. Como sabem eu adoro livros de anjos, de aventura, de fantasia. E quando vi este livro o que me chamou de imediato à atenção foi a capa lindíssima. Por isso assim que pude comecei a lê-lo.

Três anjos são enviados para a terra com o objectivo de eliminarem o Mal que nela habita e de levar todos os que ali vivem a viver e crescer de uma maneira boa e feliz. Gabriel torna-se um professor na escola secundária, um professor com um estilo muito dia a dia que encanta todas as suas alunas, mesmo não sendo esse o seu objectivo, sendo uma pessoa fechada, que odeia que lhe prestem atenção. Ivy é um espírito calmo e livre. Sendo uma excelente curandeira, é uma pessoa que pensa antes de agir e que é adorada por todos, pois é muitíssimo querida. Por fim temos Bethany, um anjo muitíssimo jovem, e esta é a sua primeira missão. Bethany é um anjo conhecido por ter uma grande empatia para com os humanos, chegando a ser por vezes muitíssimo parecida com eles.

Num esforço para se misturar com os humanos, Bethany acaba por conhecer Xavier Woods, o miúdo popular da escola. Giro, divertido, simpático mas com um passado triste e demasiado negro. Desde o dia em que perdeu uma das pessoas que mais lhe importavam na vida, Xavier torna-se cabisbaixo, triste e diferente do que era antes, embora continue a tentar demonstrar ser uma pessoa feliz e despreocupada.

Bethany começa assim a gostar imenso de gastar o seu tempo na companhia de Xavier. Adora falar com ele, passear com ele e até mesmo estar simplesmente junto a ele. É assim que tudo muda, quando Bethany começa a desenvolver sentimentos humanos, algo que não é muito normal num anjo, especialmente num anjo que tem o seu primeiro contacto com humanos, pois apenas aqueles que têm imenso contacto com os seres humanos é que é possível começarem a desenvolver sentimentos como eles.

Sinceramente gostei mais do livro do que esperava. Embora a capa fosse lindíssima estava com um pouco de receio porque a autora é muito novinha. Mas gostei imenso do que li. Achei que a história poderia ter sido reduzida para metade e podia ter um ritmo mais rápido, pois a primeira metade da história foi um pouco lenta. Mas mesmo assim após passar essa parte mais chatinha dei por mim a ler um romance muitíssimo querido e adorei-o! As personagens são todas diferentes uma das outras, têm "bagagens" emocional que as faz ser mais profundas e curiosamente interessantes. A escrita é fluída e simples, o que faz a leitura ser rápida e interessante. Gostei de ver o crescimento de Bethany e contra todas as probabilidades uma das personagens que mais gostei foi Gabriel, o anjo mais velho que está na missão e mais importante na hierarquia entre os três, um anjo que não é muito falador e que tem uma maneira que ser que me despertou imenso a atenção e me fez querer conhecê-lo mais. Espero que ele apareça nos próximos livros. :)

É um livro que aconselho e não se assustem pelo lento início, as coisas melhoram a meio do livro :)

0 devaneios :