Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 17 de novembro de 2012

Autor: Luz Gabás 
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 505 
Preço (c/Iva): 19,95 € 
ISBN: 978-989-8470-58-4

UMA EXTRAORDINÁRIA HISTÓRIA DE AMOR. 
AS MEMÓRIAS DE ÁFRICA TÊM SEGREDOS IMPOSSIVEIS DE ESCONDER. 

Estamos no ano de 1953 e Kilian abandona a neve da montanha para iniciar com o seu irmão Jacobo, uma viagem apenas de ida para uma terra desconhecida, longínqua e exótica. Nas entranhas deste exuberante e sedutor território, espera-os o seu Pai, um veterano que trabalha na fazenda de Sampaka, o lugar onde se cultiva e tosta um dos melhores cacaus do mundo. 
Nessa terra eternamente verde, cálida e voluptuosa, os jovens irmãos descobrem os encantos de uma vida social na colónia em contraste à vida monótona e cinzenta que se vivia na Espanha dos anos cinquenta. Trabalham o cacau com afinco e esforço para conseguir as melhores colheitas, conhecem o significado da amizade, da paixão, do amor de do ódio. Mas um deles irá cruzar uma linha proibida e invisível ao apaixonar-se perdidamente por uma nativa. Esse amor pulsante e urgente, marcado pelas circunstâncias históricas, irá mudar para sempre o rumo das suas vidas e será a origem de um segredo que marcará as suas vidas até ao tempo presente. 
No ano de 2003, Clarence, filha e sobrinha desses dois irmãos é levada pela curiosidade de conhecer a suas origens e fica envolvida num ruidoso passado de Kilian e Jacobo onde descobre a podridão desse segredo que finalmente será revelado. 


Luz Gabás nasceu em 1968 em Mozón (Huesca). Os melhores momentos da sua infância e juventude tiveram lugar entre a terra onde vivia a sua família paterna (Cerler, no vale de Benasque) e a terra da sua família materna (Serrate, no vale de Lierp). Depois de viver um ano em San Luis Obispo (California), estudou em Zaragoça, onde se licenciou em Filologia Inglesa e conseguiu mais tarde ocupar o lugar de professora universitária. Durante anos aliou a docência universitária ao trabalho de tradutora, à publicação de artigos e à investigação em literatura e linguística, e participou ainda em projectos culturais, teatrais e de cinema independente. 
Desde 2007 vive na lindíssima vila de Anciles, cerca de Benasque (situado nos Pirenéus espanhóis), onde se dedica, entre outras coisas, a escrever. 

0 devaneios :