Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012
Autora: Paullina Simons
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 688
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892320205

Sinopse:
Tatiana vive com a família em Leninegrado. A Rússia foi flagelada pela revolução, mas a cidade mais cosmopolita do país guarda ainda memórias do glamour do passado. 
Bela e vibrante, Tatiana não deixa que o dramatismo que a rodeia a impeça de sonhar com um futuro melhor. Mas este será o pior e o melhor dia da sua vida. O dia fatídico em que Hitler invade a Rússia. O dia assombroso em que conhece aquele que será o seu grande e único amor. 
Quando Tatiana e Alexander se cruzam na rua, a atração é imediata. Ambos sabem que as suas vidas nunca mais serão as mesmas. Ingénua e inexperiente, Tatiana aprende com o jovem soldado os prazeres da paixão e da sensualidade. Atormentado pela guerra e pela incerteza quanto ao futuro, Alexander descobre a doçura dos afetos. E, enquanto as bombas caem sobre Leninegrado, eles vivem um amor que sabem ser eterno mas impossível. É um amor que pode destruir a família de Tatiana. Um amor que pode significar a morte de todos os que os rodeiam. 
Ameaçados pela implacável máquina de guerra nazi e pelo desumano regime soviético, Tatiana e Alexander são arremessados para o vórtice da História, naquele que será o ponto de viragem do século XX e que moldará o mundo moderno.
É o primeiro volume da trilogia Tatiana & Alexander.


Opinião:
Ultimamente ando a apaixonar-me pelas várias capas da editora ASA, são todas tão bonitas e dão-me todas tanta vontade de ler os livros deles! E este foi um daqueles livros enormes (700 páginas, mesmo enorme!) que queria que continuasse, pois foi dos melhores livros que li nos últimos tempos.

Estamos perante a 2ª Guerra Mundial, uma fase da nossa história cruel e sanguinária. Tatiana vive na Rússia com os seus dois irmãos, pais e avós. Vivem numa pequena divisão de um apartamento, sendo as outras divisões ocupadas por outras famílias. Tatiana é uma pessoa tímida, ainda uma criança de espírito. É então que num dia, como qualquer outro, a sua mãe avisa-a que irá passar um anúncio do governo na rádio. Sendo praticamente arrastada para ouvir o tal anúncio, mais tarde desejou nunca o ter feito, pois foi nessa altura que os seus dias de felicidade acabaram. São avisados que a guerra finalmente lhes batera à porta, que as rações diárias por pessoa iriam diminuir e para se prepararem. Mandada de imediato à rua pelo pai, para comprar comida antes de o preço desta aumentar loucamente devido à diminuição de razões, acaba por avistar ao longe um soldado que a observa atentamente mas silenciosamente, com um olhar de curiosidade estampado no rosto. É assim que conhece Alexander, um homem jovem, belíssimo, inteligente e já com uma carreira admirável no exército. Quando finalmente Tatiana pensa conhecer um homem que lhe faz saltar o coração descobre a terrível verdade, aquele era o homem de que a sua irmã mais velha andava a a falar e a proclamar estar totalmente apaixonada. Perante tal revelação acaba por tentar afastar-se deste homem que a encanta e lhe faz pular o coração como nunca lhe tinha acontecido.

Mas os sentimentos de ambos um pelo outro são demasiado fortes para poderem ser ignorados, embora estes tentem fazer tudo o que podem para não os demonstrar e poderem viver as suas vidas sem o outro. Mas a guerra traz ao de cima tudo o que as pessoas escondem para si mesmas e neste clima por vezes basta um olhar, um gesto para demonstrar o seu amor por alguém. É neste clima que Alexander e Tatiana vivem uma paixão terna, forte e proibida por si mesmos. Uma história que nos faz pensar "isto pode mesmo ter acontecido", pois ao tentarem fazer o melhor para os outros acabam por fingir-se apenas "grandes amigos", que andam sempre juntos e que gostam da companhia um do outro, embora os seus gestos e olhares digam algo mais. Pessoas que se preocupam mais uma com a outra do que com a sua própria vida, fazendo loucuras para salvarem aquelas que amam.

Esta belíssima história de amor, contada através de uma escrita que nos envolve e nos leva para aquele tempo, é rodeada dos cenários brutais e sanguinários da guerra e chegam a haver descrições que nos levam lágrimas aos olhos. Uma das que me atingiu mais foi a descrição de como ao ir buscar a sua ração diária, Tatiana encontrava inúmeras pessoas mortas pelo chão, não por explosões ou armas, mas por falta de alimentação, pela vida que levavam. Tatiana é uma personagem muitíssimo bem desenvolvida. No início, antes da guerra, conhecemo-la como praticamente uma criança. Alguém muitíssimo inocente, nada responsável e fraca. Mas no continuar da guerra vemos o seu instinto do sobrevivência a vir ao de cima e se por um lado ela se mantem protectora para com aqueles que ama, por outro vemo-la a tornar-se alguém forte, responsável, decidida e lutadora. Uma personagem que nos consegue arrancar lágrimas, sorrisos e vontade de viver. Para mim sem dúvida a personagem que faz este livro, a alma dele. É verdade, Alexander é em grande parte a sua razão de mudança, mas mesmo assim este consegue ser eclipsado pela força de Tatiana.

Um livro lindíssimo, dos melhores que li nos últimos tempos e sem dúvida que irei acompanhar esta trilogia!

4 devaneios :

Mil Estrelas disse...

Já li e concordo contigo! é simplesmente maravilhoso!

v_crazy_girl disse...

Mesmo! Estava à espera de algo bom pelos comentários que tinha lido, mas mesmo assim ultrapassou as minhas expectativas! :D

Anónimo disse...

Gostei da opinião, pena que tenha tantos spoilers e conte várias etapas da história. Depois deixa de haver surpresa.

v_crazy_girl disse...

Por acaso não Anónimo :)

O livro tem cerca de 700 páginas e o que eu contei aqui são cerca de 100, se tanto :)

Parece que contei muito, eu tenho noção disso, mas se leres o livro vês que não, vês que acontece muitas outras coisas :D

Boas leituras!