Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 24 de abril de 2013
Autora: Gillian Flynn
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 520
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722525572

Sinopse:
Uma manhã de verão no Missouri. Nick e Amy celebram o 5º aniversário de casamento. Enquanto se fazem reservas e embrulham presentes, a bela Amy desaparece. E quando Nick começa a ler o diário da mulher, descobre coisas verdadeiramente inesperadas...
Com a pressão da polícia e dos media, Nick começa a desenrolar um rol de mentiras, falsidades e comportamentos pouco adequados. Ele está evasivo, é verdade, e amargo - mas será mesmo um assassino?
Entretanto, todos os casais da cidade já se perguntam, se conhecem de facto a pessoa que amam. Nick, apoiado pela gémea Margo, assegura que é inocente. A questão é que, se não foi ele, onde está a sua mulher? E o que estaria dentro daquela caixa de prata escondida atrás do armário de Amy?
Com uma escrita incisiva e a sua habitual perspicácia psicológica, Gillian Flynn dá vida a um thriller rápido e muito negro que confirma o seu estatuto de uma das melhores escritoras do género.


Opinião:
Este livro tem uma capa tão, mas tão intrigante! É uma das capas mais simples que já vi na vida, mas tem algo que nos captura de imediato, exigindo a nossa atenção a todo o custo!! E ainda bem que lhe dei toda a minha atenção!

Nick e Amy encontram-se casados há precisamente 5 anos! Um aniversário a comemorar! Mas quando Nick regressa a casa a pensar no azar que tinha, pois em todos os aniversário Amy criava um jogo de pistas em que estas eram algo importante para eles como casal (pelo menos importante para ela, de tal maneira que por vezes Nick não conseguia resolver os enigmas), encontra a porta de casa aberta, a sala de pernas para o ar e nem sinal da sua esposa! Ligando de imediato para a polícia, a preocupação apodera-se dele, pois adora a mulher e quer encontrá-la rapidamente!

Mas acabamos por descobrir que Nick não é perfeito e tem um grave problema de autoestima, querendo que as pessoas gostem dele. Assim, em todas as entrevistas sobre a sua mulher desaparecida, Nick sorri para todas as câmaras e para todos os presentes, algo nada comum num marido normal e que de imediato fazem com que as desconfianças passem para ele de imediato.

Enquanto estamos a ler a acção no presente, encontramos também capítulos referentes a um diário... Um diário de Amy, esposa de Nick, onde esta retrata a relação perfeita de ambos... antes do casamento! E que começa a piorar de dia para dia, havendo violência verbal e física. Mas apesar destas provas, Nick jura à polícia que nada daquilo é verdade! E agora? Que estará a esconder Nick?

ADOREI! Surpreendeu-me imenso este livro. A personagem de Amy... a sério nem tenho palavras para o como bem ela está desenvolvida, acabando por ser ela a principal engrenagem de toda a história e a imaginação por detrás dela. Esta é a personagem que melhor desenvolvida está no livro e este acaba por se centrar de tal forma nela que houve alturas que eu apenas queria ignorar o capítulo de Nick para ver o que é que ela nos estava a contar!! Mas depois mais à frente, quando Nick tomou conta da situação, a minha reação foi o contrário, e apenas queria ler sem parar os capítulos de Nick.

Uma daquelas histórias com um final demasiado "imaginativo", mas que adorei, sendo sem dúvida alguma uma história que existe devido aos personagens e à loucura obsessiva de Amy e ao poder de mentira de Nick. Um livro que nos choca quando há a mudança da primeira parte para a segunda... Porque nem tudo é o que parece!

Um livro que aconselho e que me surpreendeu e bem pela positiva!

0 devaneios :