Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 22 de outubro de 2013
Autora: Laura Lee Guhrke
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 336
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260612

Sinopse:
Todos conhecem Dylan Moore — o seu brilhante talento e a sua busca pelo prazer — mas ninguém sabe o tormento que esconde. Apenas uma mulher se apercebe da força que impele a alma de Dylan, uma mulher que o persegue em sonhos e desperta nele paixões que nenhuma outra despertou.
Desgraçada e agora muito pobre, Grace Cheval nada quer ter com o sedutor que a deseja. Quando Dylan lhe oferece o emprego de precetora para a filha que há pouco encontrou, sabe que as suas intenções não são honradas. Porém, é-lhe difícil resistir a este homem tão carismático e devolve-lhe os beijos apaixonados com todo o ardor. Atrever-se-á Dylan a esperar que esta beldade orgulhosa e intrépida derreta o gelo que envolve o seu coração?


Opinião:
Já conhecia esta autora e gosto dos seus livros. Simples, uma leitura rápida e divertida. Para além disso esta capa é lindíssima, e sendo eu uma pessoa muito influenciável pela capa, não resisti a ler este livrinho quando tive algum tempo para tal.

Dylan Moore é muitíssimo conhecido no mundo da música. Sendo comparado ao grande Beethoven, é um jovem com um talento musical nato, para além de ser um verdadeiro Don Juan, um dom que o torna mais conhecido pelas piores razões. Sendo a ovelha negra da família, o único que decidiu tomar por uma via diferente e arriscada, Dylan é constantemente comparado ao seu irmão diplomata, Ian.

Tendo sobrevivido a um grave acidente, Dylan descobriu que este deixara algumas sequelas, nomeadamente nos seus ouvidos, fazendo com que esteja constantemente a ouvir um zumbido que não lhe permite concentrar na única paixão da sua vida, a composição de novas sinfonias. Decidido a acabar com a sua triste vida, apenas não o faz por uma razão. Grace Cheval, uma mulher que o consegue impedir e que acaba por o chamar à razão.

E é assim que a história acaba por se centrar nestes dois personagens. O artista sofredor que devido a um azar do destino perde o seu grande dom e que devido a isso decide suicidar-se, sendo salvo por uma dama da sociedade que agora varre o chão. Toda esta parte da história é contada no primeiro capítulo, sendo que nos seguintes acompanhamos um desenvolvimento das personagens e observamos as suas acções enquanto se apaixonam e jogam um perigoso jogo. Desta forma a autora teve muito por onde desenvolver e diversas páginas livres para tal, o que até aproveitou de uma forma minimamente satisfatória.

Adorei ler a transformação de Dylan. Um homem que apenas dá importância à música, que dedica todo o seu tempo e coração a tal mundo e que muda imenso por apenas uma mulher, uma mulher que o inspira, acabando por se tornar na sua musa inspiradora. Uma verdadeira criança homem cujo prazer próprio era o único factor de importância na sua vida, mas que acaba por colocar Grace em primeiro lugar, acabando por descobrir assim uma mulher forte e determinada a sobreviver contra tudo e todos.

Um bom livro para relaxar que aconselho aos leitores mais românticos.

0 devaneios :