Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014
Autora: Isabel Allende
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 400
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04498-3

Sinopse:
Indiana e Amanda Jackson sempre se apoiaram uma à outra. No entanto, mãe e filha não poderiam ser mais diferentes. Indiana, uma bela terapeuta holística, valoriza a bondade e a liberdade de espírito. Há muito divorciada do pai de Amanda, resiste a comprometer-se em definitivo com qualquer um dos homens que a deseja: Alan, membro de uma família da elite de São Francisco, e Ryan, um enigmático ex-navy seal marcado pelos horrores da guerra.
Enquanto a mãe vê sempre o melhor nas pessoas, Amanda sente-se fascinada pelo lado obscuro da natureza humana. Brilhante e introvertida, a jovem é uma investigadora nata, viciada em livros policiais e em Ripper, um jogo de mistério online em que ela participa com outros adolescentes espalhados pelo mundo e com o avô, com quem mantém uma relação de estreita cumplicidade.
Quando uma série de crimes ocorre em São Francisco, os membros de Ripper encontram terreno para saírem das investigações virtuais, descobrindo, bem antes da polícia, a existência de uma ligação entre os crimes. No momento em que Indiana desaparece, o caso torna-se pessoal, e Amanda tentará deslindar o mistério antes que seja demasiado tarde.


Opinião:
Admito, nunca tinha lido Isabel Allende. A vontade de ler algo dela era enorme, mas por alguma razão nunca tive curiosidade suficiente para procurar um livro dela e pegar-lhe sem o conseguir largar até saber o final. A capa deste livro é simplesmente fenomenal e foi graças a ela que a minha curiosidade aumentou e que comecei a ler este livro.

Amanda é uma jovem rapariga que desde cedo se interessou por estranhos casos de homicídios. Graças à alta posição que o seu pai detém na polícia, consegue saber primeiro que todos os pormenores sobre os crimes mais recentes na zona. Uma zona que de um momento para o outro passa de calma a estar constantemente nas notícias pelas piores razões. Pessoas começam a aparecer mortas de forma estranha e sem pistas algumas que ligue alguém ao crime. Além disso, após serem assassinados, os corpos são movidos e por vezes são adicionados pequenos pormenores à cena do crime. Cenas importantes que acabam por juntar as peças.

Essas peças são utilizadas por Amanda numa comunidade online, que junta vários jovens que praticamente não comunicam com o exterior, por problemas físicos ou mesmo psicológicos. Afinal de contas quem será o assassino que está por detrás de tais mortes macabras? E em que estão estas relacionadas com Amanda e a sua família e amigos?

Muito sinceramente fiquei admirada com este livro pela positiva. Como referi nunca tinha lido nada desta autora e como tal esta foi uma grande surpresa. Como plano de fundo temos os diversos assassinados que ocorrem em São Francisco, mas a realidade é que este romance fala de algo mais, muito mais do que tais crimes. Através desta história a autora apresenta-nos não só a curiosa Amanda, mas também a sua mãe, uma mulher saudável que todos adoram e que deixa os homens com água na boca. Conhecemos também um ex militar que acaba por ficar muitíssimo amigo de Amanda e da sua mãe Indiana, especialmente desta última, tendo desde sempre um grande fraquinho por ela, mas que contém ao máximo pois sabe que não é correspondido, não namorasse Indiana com um homem rico e muitíssimo popular, embora muito mais velho e de quem o ex-marine não confia.

Através da escrita fantástica da autora, fluída e que prende qualquer leitor, acabamos por conhecer esta família, acabamos por acompanhar os seus dramas e preocupações e acabamos por querer ajudá-los sempre que possível, enquanto nos vemos embrenhados num conjunto de crimes macabros, que de qualquer forma se encontram ligados.

Um livro que gostei e que me admirou imenso pela positiva. Aconselho!

0 devaneios :