Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015
Autora: Emma Wildes
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 288
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575823

Sinopse:
Seduzir Ian
Raptada pelo perturbante highland Ian McCray e mantida como prisioneira, Lady Leanna Arlington sente-se aterrorizada, mas o seu captor ajudou-a a fugir de um casamento indesejado. Agora, está nas suas mãos convencer o viril escocês a ficar com ela...
Seduzir Robbie
Julia Cameron está em fuga e procura um protector. O infame Robbie McCray está desesperado para substituir os navios confiscados pelo inimigo inglês. Tudo o que tem a fazer é elaborar um acordo mutuamente satisfatório e pecaminosamente mau...
Seduzir Adain
Quando se depara com uma bela mulher a ser atacada, Adain Cameron espanca e defende a dama. Com os bandidos ele lida com a pistola e espada, mas a linda Lady Gillian Lorin pode exigir um conjunto de armas diferentes…


Opinião:
Depois de um excelente policial, nada melhor do que passar para algo mais suave, de rápida leitura e que não exija muito do leitor. Acho que para o efeito não poderia ter escolhido melhor livro. Apesar de a capa me deixar sentimentos contraditórios (ainda não me decidi se gosto ou não dela), Emma Wildes é Emma Wildes.

Leanna Arlington fora vendida como se de mercadoria se tratasse. Com o objetivo de mais títulos, terras e dinheiro, o seu tio havia-a vendido a um homem de elevada posição social e com riquezas para lá do imaginável. Durante a viagem de encontro com o seu novo noivo, a carruagem de Leanna é assaltada e esta acaba por ser salva por Ian McCray, que quando descobre quem é o horroroso noivo de Leanna, decide avisá-la do futuro que se avizinhava. Decididos a fazer um acordo que os ajudasse a ambos, mal podiam calcular que este acordo seria um verdadeiro prazer...

Claro que não vos vou fazer a introdução a todas as histórias, porque sim, este livro está dividido em três pequenas histórias, cada uma com cerca de 100 páginas. Cada história está interligada entre si de uma forma simples. Na primeira há a apresentação de diversas personagens e há um pobre coitado que fica com o coração despedaçado. Esse pobre coitado acaba por juntar os pedaços do coração na história seguinte, mas sem claro deixar outro triste sem o verdadeiro amor. Esse triste descobre o verdadeiro amor na terceira e última história.

Apesar de três histórias muito parecidas, relacionamentos que começam por ser de alguma forma de conveniência e que acabam por se tornar em algo real, acaba por ser um livro que melhora de conto para conto. As personagens agradaram-me mais no segundo conto que no primeiro e ainda mais no terceiro conto do que nos dois anteriores. Foi melhorando ao longo da pequena trilogia, porque na realidade são três contos com as mesmas personagens, o que eu considero uma pequena trilogia.

As mulheres das histórias eram todas pessoas fortes que acabam por se juntar com os seus lindíssimos, sensuais e queridos amantes para fugirem de algo, quer de casamentos indesejados, quer de assassinos, mas que acabam por se apaixonar. Os homens, por norma, acabam por cair na tentação mais depressa do que elas, sendo que em todas as histórias acabam por ser eles a aceitar os acordos porque estes lhes trazem benefícios.

Ao todo são histórias bem escritas que pecam por ser tão curtas. São relacionamentos de "és lindíssimo(a) e super sensual, apaixonei-me por ti", mas para o tipo de livro que é funciona muito bem. Apesar de tudo, as histórias poderiam ter sido mais aproveitadas se tivessem um maior desenvolvimento, embora por vezes os impedimentos das editoras com os números de páginas sejam o que impedem esse desenvolvimento.

Resumindo, acaba por ser uma história de rápida leitura que merecia um melhor desenvolvimento, mas que não deixa de estar muito bem escrita e de ser uma óptima leitura quando se quer relaxar.

0 devaneios :