Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 28 de abril de 2015
Autor: James Patterson e Maxine Paetro
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 384
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626097

Sinopse:
Jack Morgan, antigo fuzileiro naval e agente da CIA, herdou do seu pai a Private, uma reputada agência internacional de investigação e segurança e, com ela uma carga de trabalhos que pode levá-lo ao ponto de rutura. Os segredos dos homens e mulheres mais poderosos chegam diariamente a Jack e aos seus agentes, que usam técnicas forenses de ponta para resolver os seus casos.
Como se não lhe bastasse ter de apurar a verdade sobre um escândalo de jogo ilegal na liga de futebol americano e tentar resolver um inquérito criminal sobre as mortes selváticas de 18 raparigas, Jack ainda vai ter de desvendar o tenebroso assassínio da mulher do seu melhor amigo — e sua antiga amante.
Com uma narrativa que se desenvolve a um ritmo alucinante, Private: Agência Internacional de Investigação é o mais excitante e vibrante thriller de James Patterson.


Opinião:
Esta foi uma coleção que comecei a ler toda trocada. Como são livros que se podem ler em separado, pois os autores têm o cuidados de referir imensas vezes o que acontecera nos anteriores, eu ia lendo à medida que os ia arranjando, quer por compra quer por empréstimo. E foi assim que passado algum tempo regressei ao primeiro livro da coleção, após já ter lido outros dos autores.

Jack Morgan estava reformado. Nada de trabalhos difíceis, nada de pôr a sua própria vida em risco. Isso já passara à história. Agora a sua ideia é descansar e não se meter em grandes lutas. Mas quando o pai falece e deixa em seu nome uma grande empresa de detetives, chamada Private, Jack vê-se na obrigação de tratar dela e de a recuperar. Private era um empresa conhecida entre atores, cantores e todos aqueles que tinham grande fortuna, praticamente era uma empresa de detetives para pessoas ricas, o que permitia que o pai de Jack vivesse bem na vida.

Repentinamente Jack recebe o telefone de um dos seus grandes amigos que acabara de encontrar a sua mulher morta a queima roupa deitada na sua própria cama. Desesperado liga para Jack para saber o que fazer, entrando repentinamente numa espiral louca de desconfiança... E tudo piora quando repentinamente 18 raparigas aparecem assassinadas... E alguns dos seus clientes fazem queixa relativamente a possíveis ilegalidades no futebol profissional. Para não falar das constantes ameaças que Jack recebe via telefónica, de alguém que, por muito que altere o número de telefone, consegue sempre encontrá-lo!

James Patterson é um nome de peso na literatura. Rico, um dos autores mais vendidos de sempre, é um autor que escreve a uma velocidade louca. Apesar de ter uma escrita simples e limpa, acaba por conjugar inúmeras situações em apenas um livro, tal como neste, em que temos 3 ou 4 mistérios a ocorrer em simultâneo, o que acaba por tornar o livro muito real. Afinal de contas... não temos apenas um acontecimento a ter em conta na nossa vida, certo? Há sempre algo mais.

As traições, enganos e mentiras são uma constante neste livro e Jack tem que aprender a ver através delas e a compreender quem é que lhe quer realmente bem, porque a verdade é que são muito poucas pessoas. Ação rápida, personagens interessantes e uma escrita fantástica. São os ingredientes que os autores nos oferecem e que nos prendem do início ao fim. Recomendo!

1 devaneios :

Carla disse...

Olá,
Sou fã incondicional de James Patterson, gosto muito desta saga mas ainda gosto mais da Alex Cross.
Boas leituras.