Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 1 de maio de 2015
Autora: Jodi Ellen Malpas
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 400
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575991

Sinopse:
Livy repara nele no momento em que entra no café. Ele é deslumbrante, imponente, com uns olhos azuis tão penetrantes que ela mal dá conta do pedido. Quando sai pensa que nunca mais voltará a vê-lo. Até que descobre a nota que deixou no guardanapo, assinado «M».
Tudo o que ele quer é uma noite para a amar. Sem ressentimentos, sem compromissos, apenas prazer sem limites. Olivia e Miller. São tão diferentes como o dia da noite. O desejo entre eles é inegável. 
Ele é distante, agradável e misterioso: sabe sempre o que quer e o quer é Livy. Ela é doce e atenta, uma jovem dos dias de hoje. Deseja ser feliz e amada, mas quando Miller entra na sua vida apercebe-se que perdeu o controlo sobre si própria e sucumbe à paixão desenfreada.
Livy deve ouvir o coração ou a razão?
Ela sabe que para o ter de corpo e alma terá de enfrentar os segredos obscuros de Miller, mas também receia que isso lhe traga consequências devastadoras.


Opinião:
A editorial Planeta continua a apostar neste género literário de uma forma que eu gosto imenso, lançado uma trilogia de cada vez. Desta vez a editora apostou na nova trilogia de Jodi Ellen Malpas, uma autora que já publicaram anteriormente em Portugal e que, devido às suas fortes personagens, acabara por ter imenso sucesso.

Livy trabalha num café para sobreviver. É uma mulher extremamente trabalhadora e que serve cafés como ninguém, até conhecer Miller. Um homem lindíssimo que a deixa de imediato sem palavra, até a leva a servir-lhe mal o café! Mas Miller fica de imediato curioso com Livy e começa a deixar-lhe pequenas mensagens nos guardanapos do café, deixando-a curiosa para saber quem é ele. Um estranho que volta constantemente para si.

Um estranho que lhe mostra carinho e amor, abrindo-lhe um mundo de novas possibilidades e loucura. Mas que tem demasiados segredos, acabando por criar distância entre os dois...

Este é um livro que não tem assim uma grande história. Livy é uma jovem inocente e trabalhadora que conhece repentinamente um homem lindíssimo e, descobre mais tarde, rico. Um homem extremamente sensual e que a trata como se fosse o seu bem mais precioso. E como não podia deixar de ser, esse homem tem um grande segredo que Livy quer descobrir e isso acaba por fazer com que eles, no final do livro, acabem cada um para o seu lado e de coração despedaçado.

Ivy é um personagem que cresce imenso ao longo de todo este livro, algo muito positivo. Inicialmente parece aceitar tudo o que lhe dizem sem questionar, mas o leitor começa a compreender que está perante uma jovem determinada e que apenas não gosta de arranjar confusão, mas se for necessário não tem medo de se queixar e revelar o que sente e o que quer.

Miller é um homem que gosta de mandar, mas que não trata Ivy como se esta fosse um simples objeto. Gosta de a mimar, de a observar e de a fazer feliz. Para isso não tem medo de lhe perguntar o que ela sente, em vez de, como em diversos livros, praticamente lhe dizer como é que ela se deveria sentir. Mas, não conseguindo fugir demasiado aos ingredientes comuns dos romances eróticos, Miller tem um segredo que deixem que vos diga... não estava nada à espera! Neste tipo de romances deve ter sido dos segredos que menos esperava, desde sempre!

Um livro que não traz nada de novo a este género literário, embora seja muito bom para passar o tempo.

0 devaneios :