Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 29 de junho de 2015
Autora: Anna Todd
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 528
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722355193

Sinopse:
Tessa Young é uma jovem reservada e estável que sai de casa da mãe, uma mulher autoritária e preconceituosa, para iniciar os seus estudos na universidade, separando-se pela primeira vez do namorado de sempre, Noah, um rapaz doce e amoroso.
Logo no primeiro dia, conhece a sua companheira de quarto, Steph, e os amigos desta, entre os quais Hardin, um inglês insolente, cheio de tatuagens e piercings. Rápida e inesperadamente, Tessa e Hardin iniciam uma relação intensa mas atribulada, pois ele é um bad boy que só arranja problemas. 
Tessa tem de tomar uma séria e dolorosa decisão: será que faz sentido trocar Noah por Hardin, desiludindo a sua superprotetora mãe e sabendo que a sua vida nunca mais será a mesma? A menos que... poderá ser por amor?


Opinião:
Sabiam que este livro começou por se tratar de uma fan fiction sobre os One Direction? Pois, é verdade! Publicada na internet e mais tarde tendo ganho um contrato  com uma editora, acabou por ter um sucesso estrondoso. Sendo um livro young adult, não resisti a lê-lo. Gosto muito deste género literário, por isso achei que seria um livro ideal numa altura que apenas quero relaxar.

Tessa é a típica menina inocente, estudiosa, trabalhadora e com um sonho. Sabe que para alcançar o seu sonho tem que estudar imenso e está disposta a arriscar parte da sua adolescência para conseguir ter uma vida estável e feliz, no futuro. Decidida a estudar numa boa universidade, esta acaba por ser longe da casa dos seus pais, o que a leva a mudar-se para uma residência, onde tem que partilhar quarto com Steph. Uma rapariga energética, que adora sair à noite com os colegas e que tem uma maneira diferente de ver a vida. Apesar de estar decidida a ter boas notas, Tessa decide sair uma vez à noite, pelo menos para ter a experiência e acaba por acompanhar Steph quando esta vai ter com os seus amigos.

Os amigos de Steph são tudo menos pessoas comuns. Pessoas com opiniões forte e decididas, com uma forma de estar na vida muito própria e pessoal. Um dos seus amigos é Hardin, um rapaz cheio de tatuagens por todo o corpo e que é um dos maiores mulherengos que Tessa conhece em toda a sua vida. Todas as noites está com uma rapariga diferente e por incrível que pareça acaba por ficar amigo de todas as conquistas. Um rapaz que faz o coração de Tessa bater mais depressa, mesmo tendo esta namorado!

O típico romance young adult, é o que tenho a dizer. Mas acaba por ser o típico romance que adoro ler. Claro que sei mais ou menos o desfecho, algumas da peripécias que irão ocorrer, mas conseguem prender-me quase sempre, é preciso ser um livro mesmo mau, dentro do género, para não o conseguir ler. Este é um livro que apesar do grande número de páginas se lê a uma velocidade alucinante, é viciante e queremos sempre continuar a saber mais e mais sobre o que vai acontecer. Apesar disso é um livro com um ritmo demasiado rápido e as personagem parece que não pensam, especialmente para alguém que está na universidade.

Tessa é-nos apresentada no início como a típica croma que é a impopular da escola e que, apesar de ter namorado, não tem mais amigos alguns. Mas a meio esta já nos diz que é a popular do antigo liceu, tendo sido, em conjunto com o namorado, nomeados o melhor casal de toda a escola... É uma personagem que parece que inicialmente a autora queria uma coisa dela e com o passar da narrativa decidiu que afinal queria outra, como se, sendo o livro tão grande, se esquecesse de pormenores importantes, o que foi pena. Outra coisa que me fez confusão foi Tessa e Hardin começarem a namorar (apesar de brigarem todos os dias) e passado nem um mês vão morar juntos numa casa paga por ele... Ou serei a única a achar isso estranho? Apesar disso há um factor muito importante... É um livro young adult... apesar de se basear em adolescentes, experiências da universidade e afins, é um género que leva a palavra exagero à letra.

Gostei muito de Steph e tive pena de ser uma personagem que apenas conhecemos de "raspão", acredito que tivesse uma melhor história. Agora o final... juro que não estava à espera e não sei se perdoaria algo assim a um namorado. Aliás, tenho quase a certeza que não. Apesar de ter sido uma atitude muito negativa, era algo que podia ter sido ementado muito antes de Tessa descobrir o que se passava. Se Hardin não o fez, simplesmente não merece a confiança dela, apesar de sabermos que no próximo livro as personagens irão de certeza fazer as pazes.

Um livro young adult que não tem uma história muito diferente do normal, mas que tem uma escrita muitíssimo fluída, sendo um livro que se lê muito bem e que dá para passar um bom bocado.

0 devaneios :