Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 8 de novembro de 2016
Autora: Suzanne Collins
ISBN: 9789722357111
Edição ou reimpressão: 11-2015
Editor: Editorial Presença
Páginas: 256

Sinopse:
Enquanto escorrega pela conduta de ar atrás da irmã, Gregor suspira por mais uma peripécia na sua vida. Mas nada o preparou para a aventura que se segue. Debaixo da cidade esconde-se a Subterra, um mundo sombrio onde os humanos convivem com aranhas, morcegos, baratas e ratos gigantescos. A Subterra prepara-se para a guerra e uma profecia previu que ele mesmo, Gregor, desempenhará um papel importante. Gregor quer fugir, mas percebe que ali talvez possa desvendar o desaparecimento do pai.


Opinião:
Eu adorei os Jogos da Fome. Sim, fui uma daquelas fãs loucas, que conhecia e já tinha lido os livros antes mesmo de se terem anunciado os filmes. Como tal sei que Suzanne Collins é uma excelente escritora e estava curiosíssima para ler este seu livro. Desta vez não uma distopia young adult mas um livro infanto-juvenil.

Gregor tem uma imaginação extremamente fértil e é essa imaginação que o ajuda a ir mais além e a ultrapassar todas as dificuldades do dia a dia. Numa família triste desde que o pai, um dos seus pilares, desaparecera, Gregor cria mundos fantásticos e mágicos que o ajudam a distrair-se do mundo real.

Mas do nada esses monstros imaginários começam a fazer parte do seu dia a dia quando, depois de uma grande queda, fica bem mais pequeno e todos os bichos que eram insignificantes para si ficam bem maiores que ele, desde as pequenas moscas às aranhas enormes!!

Ao cair neste mundo, compreende de imediato que não é a primeira vez que um humano ali vai parar…. Tal como compreende que o último humano que ali se perdera era o seu pai!!

Este livro é totalmente diferente dos Jogos da Fome, por uma simples razão…. É para crianças. Mas apesar dessa grande diferença, a escrita da autora, um dos seus pontos fortes continua lá. Assim como a sua imaginação e a humanidade que dá às suas personagens. Lembro-me que odiei o final dos Jogos da Fome porque era um final demasiado real. Não era um simples feliz para sempre. Este livro é um pouco assim.

Conhecemos Gregor e a sua irmã – a minha personagem favorita em conjunto com as suas amigas aranhas –, e acompanhamos as suas aventuras. As reações, atitudes e decisões das personagens estão extremamente bem estruturadas e, na minha opinião, não é a história em si que faz o livro valer a pena, mas sim as suas personagens. 

Um livro excelente para crianças, especialmente as que adoram um bom livro de fantasia e de mundos diferentes!

0 devaneios :