Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 6 de agosto de 2017
Autora: Julie Anne Long
ISBN: 9789897417191
Edição ou reimpressão: 05-2017
Editor: Quinta Essência
Páginas: 352

Sinopse:
A sociedade londrina está em estado de choque. O cobiçado Colin Eversea acaba de ser condenado à morte. E embora a sua vida não seja exemplar, trata-se de uma punição injusta para um crime que não cometeu. Mas os Eversea são conhecidos por escapar à tragédia por uma unha negra, e Colin confirma a regra. No derradeiro momento, é salvo por uma figura misteriosa…
Ele pensa estar a salvo, mas…
A calculista Madeleine Greenway não sabe quem é Colin, nem quer saber. Interessa-lhe apenas a fortuna que vai receber pelo rapto dele. Mas quando a pessoa que a contratou tenta matá-la, ela percebe que ambos têm a cabeça a prémio. 
Têm, também, um forte interesse em comum: viver para realizar os seus sonhos. Colin ainda não desistiu de conquistar a mulher que ama. E Madeleine anseia por uma vida nova na América. Motivos mais do que suficientes para se unirem na busca pela verdade. Juntos, enfrentarão o pior dos perigos… e a maior das tentações…
Perigo, Prazer… e Fuga é o primeiro volume de uma apaixonante série que nos relata as aventuras e desventuras, amores e intrigas dos habitantes da vila britânica de Pennyroyal Green.


Opinião:
Já sabem que sou louca por capas... por isso adivinham o que foi que me apaixonou de imediato neste livro! Claro... a capa!! É lindíssima. Os tons, as imagens, o cenário. Adorei tudo e como não podia deixar de ser e graças ao meu vício por capas, tive que o ler.

Colin foi acusado de assassinado. Apesar de mulherengo e de gostar de contornar as regras, Colin nunca fizera nada de perto com assassinado, mas quando apanhado no sítio errado à hora errada e ainda por cima com supostas testemunhas, vê-se a andar até ao cadafalso, algo que nunca pensara. Mas no último minuto é resgatado (ou raptado?) por alguém...

Esse alguém é Madeline. Uma mulher muitíssimo inteligente e com uma beleza que não passa despercebida a Colin. Uma pessoa que nota-se que teve uma educação socialmente alta, mas que de momento se encontra a raptar Colin pelo que parece uma boa recompensa, que acaba em tentativa de assassinado de ambos!!

Decidem então juntar-se para descobrirem quem os tentou tramar, Madeline para recuperar o resto da recompensa (pois o seu trabalho havia sido realizado) e Colin para tentar ser ilibado de um crime que não cometera e descobrir o verdadeiro culpado.

Como não podia deixar de ser nesta altura cheia de calor, um livro como este é o que está a apetecer. Um romance histórico com o típico romance que começa mal e parece que vai ainda para pior, mas a certa altura as personagens começam a conhecer-se a relacionar-se e a perceber que afinal poderia existir ali alguma coisa. Durante os diversos dias que Madeline e Colin passam juntos começam a conhecer-se e por muita picaria e línguas afiadas, conseguem ver os verdadeiros eu de cada um deles e isso acaba por os aproximar. Essa aproximação inicialmente lenta, acaba por trazer um novo romance e acabam por perceber que se preocupam mais um pelo outro do que esperavam.

As personagens são ambas fortes e a sua relação é muito divertida, permitindo ao leitor soltar umas quantas gargalhadas enquanto lê este livro. Em Madeline vemos uma mulher lutadora e decidida a conseguir sobreviver sozinha. Em Colin vemos um homem que afinal não é apenas o que aparenta e que acaba por se mais bondoso e amoroso do que parece.

Um livro que gostei e foi sem dúvida uma boa leitura.

0 devaneios :