Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Um Trono Negro" de Kendare Blake

Passatempo

Passatempo
Até 22 de Julho!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 21 de novembro de 2018
Autora: Victoria Aveyard
ISBN: 9789897731280
Edição ou reimpressão: 10-2018
Editor: Saída de Emergência
Páginas: 432

Sinopse:
Quando a faísca da rapariga-relâmpago se apaga, quem ilumina o caminho para a rebelião? 
Mare Barrow foi capturada e está impotente sem o seu poder, vivendo atormentada pelos erros do passado. Ela está à mercê do rapaz por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos da sua mãe, fazendo de tudo para manter o controlo de Norta — e de sua prisioneira.
Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante da Pedra Silenciosa, a Guarda Escarlate organiza-se, deixando de agir nas sombras e preparando-se para a guerra. Entre os guerreiros está Cal, o príncipe exilado, que no meio das dúvidas tem apenas uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.
Sangue vermelho e prateado correrá pelas ruas. A guerra está a chegar…


Opinião:
Esta é um saga que me tem deixado muito dividida ao longo de toda a coleção! Tirando o primeiro, a que dei 4 estrelas no goodreads, tanto o segundo livro como este dei 3*. A autora tem uma boa história de base, mas é uma saga que bastava no máximo dois livros, retirando dela todos os "filters" ou seja, as partes que não interessam para nada e que não adicionam nada de novo à história...

Mare fez uma troca no final do segundo livro, ela por todos aqueles que ama e queria proteger. Ela sabe a influência que ainda tem sobre Mave e por isso tenta a todo o custo usá-la para não perder ainda mais pessoas. Mas Mave também sabe como a "domar" começando por marcá-la e por prendê-la, impendindo-a de usar os seus poderes, querendo que ela seja apenas o seu bichinho, para mostrar a todos como submetera a grande Mare, como esta virara as costas à Guarda Escarlate e para provar que ele é o bom da fita e o único que deverá ser rei!

Muito sinceramente... Não há muito mais a dizer sobre este livro e é esse o problema dele. Tal como referi no goodreads, gostei do livro porque sempre gostei de livros em que as personagens se "picam" mutuamente e se tentam atingir e esse é o grande conteúdo do livro. Não há desenvolvimento que se veja, que seja palpável, mas sim luta de palavras e mesmo jogos entre as personagens para se atingirem e todo o livro continua nessa roda viva, sendo que infelizmente não houve nada de especial a ser adicionado à história.

As próprias personagens não são muito desenvolvidas, a que mais é falada é a personalidade de Mave e como as constantes brincadeiras com a sua mente que a mãe lhe fazia acabaram por destruir quem ele poderia ser, criando um "boneco" que apenas quer ser rei, passando por cima de tudo e todos para atingir esse objetivo. Mas Mare consegue trazer algumas parte "boas" de Mave ao de cima e isso é muito interessante.

Sim, é uma opinião pequena, mas o livro acaba por não ter muito mais por onde pegar. Quero acabar esta saga com o último e quarto livro assim que ele sair por parte da editora, e espero que a história seja um pouco mais desenvolvida, mas neste livro foi mais "picaria" entre as diversas personagens do que desenvolvimento real, algo que como já referi gosto, mas acaba por se tornar muito repetitivo, pois desenvolvimento temos praticamente zero... :(

Se gostam do género experimentem de qualquer maneira, pois podem gostar destas tais picarias, e sem dúvida que quero ter o último da saga.

2 devaneios :

Suspiros da Bea disse...

Epá é tãoooooooooo chato. Li o primeiro amei, passado um ano odiei (os gostos mudam e apercebemo-nos de que é uma chacha). O segundo foi meh, mas a Mare tira-me do sério por ser tão pão sem sal. O terceiro estou a terminar e isto é horrível de dizer, mas adorei o facto de ela ser 'escrava', porque finalmente lhe deu algum caráter....

Vanessa Montês disse...

Tenho que concordar, é inacreditável como ela fica com mais vontade de responder as pessoas quando está presa do que quando está livre xD