Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Um Trono Negro" de Kendare Blake

Passatempo

Passatempo
Até 22 de Julho!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018
Autora: Claire McFall
ISBN: 9789892343082
Edição ou reimpressão: 09-2018
Editor: Edições Asa
Páginas: 264

Sinopse:
Dylan é uma adolescente, vive com a mãe, nunca conheceu o pai. 
Até agora. Quando o pai entra em contacto, e a convida a visitá-lo, ela aceita sem pensar duas vezes. E, contra a vontade da mãe, parte para Aberdeen, no Norte da Escócia. Vai de comboio, através de paisagens desoladas. Ao passar num túnel, dá-se um acidente terrível. E Dylan é a única sobrevivente. Ou talvez não.
Ao emergir dos escombros encontra-se numa paisagem desolada, desértica. E Tristan, um rapaz de olhos tristes, está à sua espera. 
É ele o barqueiro, é ele quem terá a missão de a levar, através de um cenário cada vez mais assustador, para o outro lado - tal como fez milhares de vezes antes, com milhares de outras pessoas. 
Desta vez, porém, tudo é diferente. Perseguidos por fúrias à caça de almas humanas, Tristan e Dylan aproximam-se cada vez mais. 
Mas há um limite. Eles já não pertencem a este mundo. E no outro lado, há uma fronteira que ninguém consegue passar. A não ser que…


Opinião:
Este livro tem uma capa tão sonhadora, tão romântica, tão bela! Apaixonei-me de imediato pela capa e ainda nem sequer tinha lido a sinopse! Então imaginem quando li a sinopse e ainda fiquei mais fascinada com o que me era apresentado. Um romance entre um barqueiro que tem como missão levar as almas ao seu lugar e uma alma? Parecia algo tão fofinho e romântico que não resisti.

Dylan finalmente vai conhecer o pai! O pai que nunca conhecera, o homem que a devia ter acompanhado toda a vida. Fazendo tudo nas costas da mãe, acaba por entrar no comboio e está extremamente nervosa por conhecer o homem que lhe dera vida. Mas o nervosismo piora quando de repente acorda com o comboio virado ao contrário e ao caminhar não vê nenhum dos passageiros, apenas um estranho (e lindíssimo) rapaz que a olha com um olhar curioso mas ao mesmo tempo a ignora.

Esse rapaz é Tristan, e é um rapaz que guia todas as almas ao longo da caminhada que as almas têm que seguir até conseguirem passar para o outro lado. Um rapaz que tem uma simples missão e que a faz da melhor forma que consegue para garantir que tudo corre pelo melhor. Mas em Dylan encontra alguém com quem pode ser ele mesmo, com quem pode demonstrar mais as suas fraquezas e incertezas, mas o mais importante continua a ser a sua missão, levá-la para o outro lado...

Um livro fantástico, especialmente para adolescentes! Uma história simples mas inundada de momento ternos entre as personagens, onde o carinho, o companheirismo e altruísmo são as palavra chaves. Gostei imenso das personagens, pois apesar de ser um livro indicado para um público young adult, mesmo assim a autora teve o cuidado de criar personagens que são queridas ao leitor, que se vão desenvolvendo ao longo da narrativa e cujos sentimentos não são repentinos. Rápidos sim, mas com sentido e muito sentimento por trás.

Foi uma narrativa que gostei, acaba por ser leve, apesar de ter alguns momentos muito tristes e que para algumas pessoas até podem ser considerados pesados, mas adorei a interação entre as personagens principais, o que era o foco principal nesta narrativa e como os seus sentimentos, inseguranças, e momentos de coragem eram sentidos por mim, o leitor.

Um livro que recomendo e que gostei imenso. Estou curiosa para ler a continuação, apesar de este livro aguentar bem como um stand alone (volume único).

0 devaneios :