Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
Autora: Dorothy Koomson
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 448
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04159-3

Sinopse:
Poderá um estranho curar o seu coração?


Kendra Tamale regressa a Inglaterra, fugindo de velhas mágoas e em busca de um novo começo. Conhece Kyle, pai de duas crianças e separado, de quem se aproxima, contra todas as suas expectativas.
Então, um terrível encontro com o passado obriga-a a enfrentar os seus fantasmas. Não consegue dormir, é despedida e a sua relação com Kyle e as crianças fica debilitada. A única forma de remediar a situação é confessar o erro terrível que cometeu há muitos anos atrás - algo que prometeu nunca fazer...


Opinião:
Kendra vivia em Austrália até que um turbilhão de acontecimentos a fazem mudar-se para Inglaterra. Alugando um pequeno espaço para viver, num dos seus primeiros dias é apanhada de toalha, acabada de sair do banho, por duas crianças curiosas. Uma demasiado faladora - Summer - e a outra demasiado calada - Jaxon-, que aparentavam ser gémeos. Sem saber o que fazer e ainda com unicamente a toalha em cima do corpo, aparece de repente um homem com um ar muitíssimo cansado, embora bem parecido. Este homem chama-se Kyle e é pai dos gémeos, estando no momento a começar um processo de divórcio. Envergonhado devido à situação, decide pedir desculpa a Kendra convidando-a a ir tomar o pequeno almoço lá a casa.

Embora a sua vontade de aceitar o convite não fosse muita, acaba por ir, mais por boa educação do que outra coisa. Ao chegar depara-se com um homem que não podia estar mais atrapalhado com a sua nova vida! Até que o telefone toca e este o atende... Do outro lado da linha está a sua mulher, a mãe de Summer e Jaxon e nesse momento, esquecendo-se do pormenor dos filhos e uma estranha o estarem a observar, começa aos berros com a mulher ao telefone. Para distrair as crianças, Kendra inventa o pequeno almoço especial de sábado, um cereais, em taças iguais, que tinha enormes quantidades de carinho, amor e desejos.

É assim que começa a relação de Kendra com as crianças, uma relação de amor, carinho e muita lealdade. Acaba por se tornar uma segunda mãe para estas e a melhor amiga de Kyle, alguém que ele podia estar sempre a contar.

Um livro lindo e super ternurento! Com a sua hábil forma de transpôr para o papel qualquer sentimento, Dorothy escreve um livro belíssimo, em que nos deparamos com uma família desfeita e uma mulher que embora não tivesse nada com ela acaba por se tornar o seu pilar principal e a reconstitui. As personagens são imensamente reais, com os seus sentimentos, as suas qualidades e as suas falhas. Desde as crianças, tão iguais mas ao mesmo tempo tão diferentes na maneira de se expressarem, os pais das crianças, a lutar pelo melhor delas, embora por vezes isso não seja sempre o que eles pensam e por fim Kendra, a pessoa que é apanhada de surpresa nesta confusão, mas que acaba por amar as crianças como se fossem dela. Conseguido misturar imensos problemas da nossa sociedade, mas de uma forma interessante e de uma maneira fluída, Dorothy prova-nos que com força de vontade e com apoio, conseguimos sempre superar os piores obstáculos...!

Esta autora cada vez me surpreende mais e prova que veio para ficar, não sendo o seu famoso romance "A Filha da Minha Melhor Amiga" (um excelente livro), apenas um romance de sorte ocasional.  Leiam e este posso prometer que não se irão arrepender!

0 devaneios :