Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 9 de março de 2011
Autor: Adrian Goldosworthy
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 748
Editor: Esfera dos Livros
ISBN: 9789896261351
 
Sinopse:
Caio Júlio César continua a ser o romano mais famoso que alguma vez viveu. Carismático líder de homens, sedutor de mulheres, era um político brilhante assim como um génio militar, tendo concretizado algumas das vitórias mais espectaculares da história. Nesta biografia, o historiador Adrian Goldsworthy coloca César na vasta tela do Mundo Mediterrânico no qual viveu, descrevendo a rica e turbulenta sociedade que o produziu - o político, o general e o homem.
 
 
Opinião:
Todos sabem quem foi Júlio César, um dos poucos homens que na minha opinão é uma lenda viva! Um homem de alto nascimento, considerado descendente da deusa Vénus e que desde cedo provou o seu valor  em vários campos, deste no campo de batalha, como no do amor passando pelo político! Carismático e muitíssimo inteligente, com uma esperteza e manha acima do normal, foi graças a esta maneira de ser que conseguiu imortalizar o seu nome ao longo de vários séculos, tendo conseguido manter a república viva e sendo assassinado para a manter - embora na realidade após o seu assassinado, uma grande luta entre dois grandes homens de poder (e dois dos responsáveis pelo assassínio) tenha acabando com a república e sendo fundado o império romano.

Não dá para descrever muito a história do livro, pois este livro conta com todos os pormenores a vida de Júlio César.

Não consegui acabar este livro. Achei-o um livro com demasiada informações dada de uma só vez... Este livro conta de tal forma toda a vida de Júlio César que numa página tem tantas datas, tantos nomes... Que acaba por fartar um pouquinho. É um livro interessante, isso não posso negar, mas numa fase em que os livros por fora são para relaxar e que para livros de matéria com muita informação já tenho os da universidade, este livro não é uma escolha muito louvável... A escrita do autor também não ajuda muito, sendo monótoma e tornando-se chata.

Quem goste de história e que esteja preparado para um livro enorme tanto em tamanho como informação, deverá achar este livro interessante... caso contrário não recomendo.

1 devaneios :

Fernanda disse...

O meu problema com determinados livros históricos é exactamente esse. Às vezes tanta informação deixa-nos quase tontas. lol

Beijinhos!