Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 2 de abril de 2011
Autor: Fernando Trías de Bes
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 272
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04133-3

Sinopse:
Desde pequeno, Ludwig Schmitt von Carlsburg tem a assombrosa capacidade de dissecar os sons e albergá-los dentro de si.
Durante a infância dedica-se a colecioná-los, mas quando crê que a sua coleção já está terminada, descobre que lhe falta um som, uma frequência única, a mais ansiada, um som perfeito, celestial, mágico e eterno.
Dedicará então todas as suas energias a perscrutar os sons da Terra em busca do último som da sua coleção. Pelo caminho descobre que consegue cantar as sonoridades que guardou, convertendo-se no mais genial dos tenores da Alemanha. Mas o seu dom esconde uma maldição.

Um thriller assustador, impregnado de romantismo e paixão, cuja trama inquietante cativa o leitor, da primeira à última página.
 

Opinião:
Ludwig nasceu com um estranho dom. Qualquer som que ouve fica para sempre dentro da sua cabeça, sendo dissecado em diversos timbres e combinações!
 
Cedo os seus pais descobrem este maravilhoso dom e com a ajuda de um professor de canto que admite que não tem qualificações para ensinar tal talento, acaba por entrar numa escola privada apenas para rapazes com vozes como a sua. É aí que conhece o seu primeiro grande amigo e confidente, um rapaz cujo dom não era tão grande como o seu, mas cuja natureza sincera, ingénua e muito trabalhadora o tornava único! Mas aquela escola não era o que ele pensava e os estranhos desaparecimentos dos melhores alunos do mês era algo que aterrorizava Ludwig, fazendo com que este fingisse ter um voz apenas normal e nunca demonstrando o seu talento nato e belo.
 
Mas como todos os segredos, a verdade acaba por ser descoberta... E a reacção do director acaba por ser ainda mais assustadora do que a verdade por detrás do que acontece às crianças que demonstram os melhores dons naquela escola!
 
Fungindo e decidindo encontram o dom perfeito, aquele som que lhe faltava, Ludwig acaba por descobrir imensas coisas sobre a vida, o sucesso, o amor... e a morte!
 
Surpreendente! Nunca pensei gostar tanto deste livro... A sinopse fez-me lembrar um pouco do livro "O Perfume" e uma crítica escrita na capa fez-me pensar nisso, mas as igualdades acabam um pouco por aí! Ludwig tem um dom especial como Jean-Baptiste, mas enquanto que este último procurava a essência final, aquela que o faria feliz para sempre e tudo fez para a obter fazendo outros sofrerem pelo seu bem, neste livro Ludwig também procura uma "essência final", ou melhor o som perfeito, aquele som diferente de todos os outros, sofrendo imenso pelo bem dos que ama, enquanto que nos dá outra perspectiva do verdadeiro amor.
 
Este livro está relacionado com a história de "Tristão e Isolda", uma história triste e comovente, sobre dois jovens que beberam a famosa poção do amor e apaixonaram-se de uma forma intemporal e única, acabando com a morte de ambos.
 
A escrita do autor é fluída e embora possa parecer estranha no ínicio, acaba por se entranhar e fazer-nos viajar ao longo das suas páginas e da sua história, enquanto sofremos, amamos e lutamos por esta personagem estranha e diferente, Ludwig.
 
Embora não seja para pessoas muito sensíveis, é um livro que recomendo!

0 devaneios :