Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 30 de julho de 2011
Autora: Teresa Medeiros
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 336
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896571825

Sinopse:
Ele é Conn, das Cem Batalhas, o rei guerreiro que forjou uma nação numa terra de clãs isolados. Na qualidade de rei supremo da Irlanda, dirige o lendário Fianna, o seu grupo de guerreiros de elite. Mas o misterioso assassínio de vários dos melhores homens de Conn ameaça o trono. Conn parte sozinho em busca de um inimigo aparentemente invencível, sem saber que vai ter de enfrentar uma mulher de olhos verde-esmeralda e cabelos cor de labaredas…

Empunhando uma espada chamada Vingança, Gelina Ó Monaghan jura derrotar o homem que considera o responsável pela ruína da sua família. Nunca imaginou que ele pudesse vencê-la em combate… e ao mesmo tempo conquistar o seu coração. A sua paixão proibida transforma-se numa guerra travada com espadas e beijos, promessas e traições - e a rendição será apenas um início…
 
 
Opinião:
Quando a editora anunciou este livro, fiquei imediatamente cheia de vontade de o ler, embora tivesse sérias dúvidas em relação ao que iria encontrar, pois a capa apontava-me para um género de história e a sinopse para outro. Descobri que a sinopse acabou por ganhar e ainda bem, pois era isso que eu queria!
 
Um monstro anda a assassinar os melhores homens de Conn e assim o famoso chefe guerreiro decide ir atrás do monstro e matá-lo ele próprio, vingando os seus guerreiros. Qual não é a sua surpresa ao descobrir que não era um monstro mas dois monstrinhos que andavam a espalhar o medo pelo seu reino. Um deles, uma rapariga de seu nome Gelina Ó Monaghan viu a morte dos seus pais com os meus próprios olhos, tendo a morto do pai sido ordenada por Conn.
 
Por muito obstinada que fosse, Gelina acaba por descobrir em Conn um homem muito difícil de odiar e de julgar, acabando por desenvolver sentimentos por ele que a muito custo tenta reprimir.
 
Gostei muito do livro e da maneira de ser de Gelina e Conn. Eles tinham uma maneira de ser muito parecida. Testemidos, obstinados, decididos e inteligentes. O facto de serem tão parecidos é o que os faz ter tantas discussões que vão sendo as grandes reviravoltas ao longo de todo o livro. A escrita da autora é fluída e fácil de seguir, sendo fácil imaginar as paisagens onde ocorre toda a acção. A minha personagem favorita mesmo assim não foi Gelina ou Conn mas sim o Bobo, um anão travesso que acaba por se apaixonar por Gelina e tornar-se o seu melhor amigo!
 
O grande senão do livro? O final. Eu nunca aceitaria o que Conn fez a Gelina, a maneira rápida como ela perdoou-o tudo, mas pronto, de resto um livro excelente e que aconselho a todos!!

2 devaneios :

Sandra disse...

Quero este livro para mim :) parece ser muito bonito!!!

Anónimo disse...

Só um reparo: O Conn não ordenou a morte do pai dela.