Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 11 de julho de 2011
Autora: Milene Emídio
Edição de Autor
Comprar AQUI

Sinopse:
Um vestido, um espelho e uma cigana surgem repentinamente na vida de Inês abrindo-lhe a porta a uma vida que até então
desconhecia.
Nesta viagem sente-se atraída pelo bosque que a chama insistentemente, mas cedo percebe que o chamamento tem outra fonte bem mais obscura.
Mortes e segredos acabam por enredá-la levando-a a uma inevitável conlcusão: a salvação da Herdade está apenas e só nas suas mãos.
Resta-lhe descobrir como. Porém, não esperava conhecer Diogo...


Opinião:
Inês é uma rapariga normal que vai a uma feira com o seu pai e aí encontra um vestido que logo lhe capta o olhar! Embora não seja um vestido para o dia a dia, Inês não lhe resiste e depois de convencer o pai que era um vestido perfeito para a altura do Carnaval, acaba por o experimentar. Mas quando sai para mostrar o resultado da sua futura nova aquisição ao pai... não o encontra! Em vez dele, encontra um jovem rapaz a aguardar pacientemente por ela e a cigana a quem pertencia a banca onde tinha encontrado o vestido com o seu pai... Sem lhe responder directamente às perguntas que Inês fazia, a cigana deu-lhe um baralho especial e disse que ela tinha uma razão especial para estar naquele novo lugar... melhor... naquela época!

Chocada ao descobrir da sua nova estranha vida e do que faz, ainda mais admirada fica ao descobrir que algo na floresta a chama... algo chora lá... que há alguma coisa que a floresta lhe quer mostrar!

Este livrinho é um conto maravilhoso e mágico, onde a magia, o amor e o perdão andam de mãos dadas. Com uma escrita fluída e, atrevo-me a dizer, que melhorando ao longo da história, a autora transporta-nos para uma época antiga, onde a mágia era permitida e quem a possuia era alguém cheio de sorte e mistério. Com personagens diferentes entre si, com um bom coração e com os seus próprios problemas e dilemas, Milene Emídio dá-nos uma heroína que nem sabe que o é, um rapaz apaixonado que luta contra tudo e todos para enterrar os seus sentimentos, uma cozinheira muitíssimo querida e divertida que é adorada por todos e muitas mais personagens que enriquecem o livrinho.

Sinceramente após ler o livro passou-me na cabeça que tinha uma história que se fosse mais desenvolvida poderia perfeitamente ser não um conto, mas sim um livro, por assim dizer. Mas por outro lado compreendo a escolha da autora, pois este alongamento da história poderia fazer perder certos ingredientes da história.

Estou curiosa para ler o próximo trabalho da autora e para comprovar se o meu "atrevimento" de afirmar que a escrita vai melhorando ao longo do livro é verídico. Comprem o livrinho e experimentem viajar por este mundinho criado por esta autora nacional!

0 devaneios :