Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 4 de agosto de 2011
Autora: Christine Feehan
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 160
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896373269

Sinopse:
A Sarah voltou para casa. Desde que Damon Wilder procurou refúgio em Sea Haven ouve-se o mesmo boato passar de boca em boca de quase todos os habitantes da pacata vila costeira. Até o vento parece murmurar o nome dela - um devaneio tão sugestivo que leva o curioso Damon até à casa da falésia de Sarah, onde procura o seu abrigo.

Mas Damon não chegou sozinho. Foi seguido por alguém até Sea Haven. Alguém que rodeia as sombras da casa Drake, onde Sarah esconde os seus próprios segredos. O perigo ameaça os dois - tal como o desejo mais premente que alguma vez sentiram - e está a apenas um sussurro de distância.
 
 
Opinião:
Nunca tinha ouvido falar desta autora... nunca tinha ouvido falar dos livros dela... mas quando vi a capa lindíssima deste livro não lhe resisti e tive de o ler!
 
O vento fala, anunciado o regresso da misteriosa Sarah, uma rapariga de Sea Heaven adorada por todos e cujos rumores à sua volta são estranhos e cheios de magia. Damon é um homem solitário e que apenas quer sossego e uma vida longe de confusão. Mas parece que nem naquela ilha longe de tudo e todos os que ele conhecia a paz o espera...
 
Admirado com o estado de conservação da antiga casa de Sarah, algo o "puxa" e ele acaba por ir perguntar à antiga e misteriosa habitante da ilha qual o seu truque para conseguir que mesmo após tantos anos a sua casa se mantenha como nova. Mas o que seria apenas um simples contacto, acaba por se tornar algo mais, quando Damon, o solidário, sente algo por Sarah que nunca sentiu por ninguém; e Sarah sente em Damon a morte mas algo mais que a faz simplesmente querer ir atrás dele e nunca mais o largar...
 
Estranho? Será uma boa palavra para o descrever? Bem, talvez. Este é um livro que se lê rapidamente e é bom para uma tarde calma em que não se quer pensar muito. Porque se estão à espera de algo de um livro muito por aí além, este não é o indicado. Com o avançar do livro descobrimos que Damon é um génio que trabalhava numa agência secreta, mas sinceramente, ao longo do livro nunca consegui "ver" esse brilhantismo que era a principal característica deste personagem... Sarah? Estranha... Por um lado mágica... por outro lado normal... Descrevem-na como uma mulher forte e decidida, mas no livro apenas nos dão um leve vislumbre dessa faceta dela.
 
A escrita da autora neste livro não está dirigida a nenhum público em especial. Tanto encontramos um vocabulário mais juvenil, como depois passa a algo muito mais adulto, sendo por vezes um pouquinho chato. As minhas partes favoritas? As cenas entre Hannah (uma das irmãs de Sarah) e o Xerife... Fiquei muito curiosa por ver o que se vai passar entre estas duas personagens... Essas foram as partes mais empolgantes, pois estranhamente achei que por vezes eles eram mais desenvolvidos que as personagens centrais do livro...
 
Um livro que poderia ter sido muito mais aprofundado, mas que não deixa de ser um livro bom para uma tarde calma.

0 devaneios :