Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Duquesa Acidental" de Madeline Hunter

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 3 de novembro de 2011
Nenhum outro soldado provocou tanto ódio e admiração como Napoleão Bonaparte. O autoproclamado imperador francês foi um conquistador ou um libertador? Um agressor ou uma vítima? Um pecador ou um santo? O prestigiado historiador inglês Charles Esdaile repensou a figura do general francês para além das lendas e do mito, que o próprio ajudou a criar, para abrir um novo entendimento sobre esta figura, o seu caráter, as suas políticas e a sua carreira militar internacional. Não se trata apenas de uma biografia, nem da análise das campanhas napoleónicas, mas sim de um estudo mais abrangente, sobre as guerras na Europa. Da Península Ibérica à Rússia, dos Balcãs à Escandinávia, da Polónia à Turquia, o historiador conta-nos episódios militares como a entrada do exército francês em Berlim, depois das batalhas de Jena e Auestadt, relata-nos o confronto sangrento que tomou a vida a dez mil franceses na batalha de Smolensk, bem como a terrível batalha de Borodino a 7 de setembro de 1812, na caminhada até Moscovo.

0 devaneios :