Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 3 de janeiro de 2012
Para começar 2012 em grande estilo... literário, preparámos um roteiro de grandes títulos e grandes autores. Uma das apostas fortes da Planeta, tal como em anos anteriores, são os grandes nomes da literatura.

A abrir o ano, dois romances notáveis e imperdíveis de duas das autoras internacionais mais prestigiadas, Sabina Berman e Care Santos, que estará presente no festival literário Correntes de Escrita, na Póvoa do Varzim.

A cor da memória de Care Santos
Care Santos, que transitou por quase todos os géneros ao longo de quase cinquenta obras, notabilizou-se na literatura juvenil, sendo neste campo uma das escritoras mais lidas em Espanha.
A cor da memória é o romance literário mais ambicioso da autora espanhola, com uma escrita muito ao estilo de Zafón. Intriga, romance e tragédia são os ingredientes desta história apaixonante e viciante.
Na convulsa e fascinante Barcelona do modernismo, a matriarca de uma das famílias mais prestigiosas da cidade, os Lax, prepara a mudança para o seu novo lar, um lindíssimo palacete vizinho do então incipiente Paseo de Gracia. As paredes dessa casa serão o zeloso guardião de umas vidas repletas de ambição, segredos inconfessáveis e paixões ocultas. Essa é a herança que o tempo confiará a Violeta,
última da estirpe: o passado, visto do presente, sempre é um quebra-cabeças a que faltam peças...
Nas livrarias em Fevereiro.


A mulher que mergulhou no coração do mundo de Sabina Berman
O primeiro romance literário da consagrada escritora e dramaturga mexicana, a ser editado em Portugal. Ana María Matute, vencedora do Prémio
Cervantes, referiu-se a este livro como uma obra única: «Roubou-me o coração. Rebelde, incompreendida, genial; não consigo parar de pensar nela. Um relato inolvidável sobre a liberdade e a diferença».
Sabina Berman constrói uma história brilhante e comovente, que convida a uma constante reflexão sobre Karen, uma jovem rebelde e fascinada com o mundo que a rodeia, com síndrome de Asperger. Uma menina que, graças ao carinho, à firmeza e à obstinação de Isabelle, aprenderá a falar e a ler e a escrever; estudará Zoologia na universidade, embora suspenda aí a maior parte das disciplinas, e chegará a ser a maior empresária da pesca de atum do planeta, assim como um dos seres vivos mais estranhos e singulares. Inapta para certos aspectos intelectuais, em outros campos é um autêntico génio, Karen, disposta a preservar a vida dos oceanos, mergulha entre os atuns do mar e entre os seres humanos da terra provocando sorrisos e perplexidades.
Nas livrarias em Fevereiro.


Jesus Ama-me de David Safier
O segundo romance deste autor alemão, que se estreou na escrita com Maldito Karma, um fenómeno internacional de vendas – cinco edições em Portugal – que colocou David Safier no mais alto patamar da cena literária. Mordaz, sábio, divertido, Jesus Ama-me, é um romance hilariante, que conta a história insólita de Marie, uma trintona que vive numa pequena aldeia alemã, com um especial talento para se apaixonar pelos homens errados. Pouco depois de deixar o noivo plantado no altar, conhece Joshua, um carpinteiro estranho, fora do comum. Joshua é um homem diferente de todos os que conheceu antes: sensível, atencioso, desinteressado. Mas, infelizmente, também não é o homem perfeito: no primeiro encontro confessa-lhe que é Jesus.
A pobre Marie pensa que de novo se apaixonou pelo homem errado, pois desta vez saiu-lhe um louco, mas quando se apercebe que de facto se apaixonou pelo Messias, sabe que também vai ter de enfrentar o fim do mundo….
Nas livrarias em Março.


Um erro inconfessável de Emma Wildes
Emma Wildes é uma escritora premiada com mais de 20 livros publicados. Depois do sucesso de Uma Aposta Perversa, Lições de Sedução e Um Homem Imoral, chega agora a Portugal o novo romance desta autora, uma combinação perfeita entre sensualidade e erotismo.
Um erro inconfessável convida o leitor a entrar numa história de amor e paixão avassaladores. Para Madeline, o homem que ela mais odeia no mundo, Luke Daudet, é o único que pode ajudá-la. Quando o falecido marido Colin escreveu algo que, contém pormenores íntimos sobre a sua vida conjugal, foi roubado por um homem que espera usá-lo para fazer chantagem com Madeline. Felizmente para Madeline, o amante é capaz de recuperar o documento. Agora o único problema dela é como dizer «obrigado» a Luke pela ajuda…conseguirá resistir?
Nas livrarias em Janeiro.


A queda da Babilónia de Montserrat Rico Gongora
A autora de A Abadia Profanada e Passageiros da Neblina estreia-se, com este livro, no romance histórico, abordando um tema bíblico-apocalíptico.
A Queda da Babilónia, pretende oferecer a visão de uma das suas mais fascinantes eras: a Renascença, mas pelas vozes e vidas turbulentas de pessoas comuns, onde são discutidas as conspirações que irão preceder a sua queda.
Desde astrólogos a adivinhos que profetizaram através do Apocalipse, a queda do Império Romano, a palavra Roma foi de novo substituído por Babilónia, conforme o apóstolo Pedro se referira à cidade pelo sofrimento dos judeus. Em 1527, as tropas imperiais ao serviço de Carlos V invadiram a cidade, pois o imperador queria estender o seu império e Roma era a sua próxima etapa.
O romance A Queda da Babilónia oferece-nos uma viagem inesquecível a uma cidade eterna, fascinante, e mergulha-nos nas raízes de todos os seus mistérios.
Nas livrarias em Março.


O Quarto do Rei de Juliette Benzoni
Herdeira da literatura popular do romance histórico do século XIX, Juliette Benzoni, reconhecida pela sua escrita rigorosa e penetrante, é considerada uma figura de primeiro plano neste género literário, o que lhe valeu o título de rainha do romance histórico.
Depois de Mataram a Rainha, chega o segundo volume das aventuras de Charlotte de Fontenac: intrigas, peripécias, incertezas em volta do caso dos venenos. Juliette Benzoni conseguiu misturar todos estes ingredientes com a sua maestria habitual.
Ao mesmo tempo que a rainha Maria Teresa morre, Charlotte de Fontenac desaparece. Vista pela última vez a entrar atrás do soberano no seu gabinete, a jovem parecia perturbada. Um desaparecimento sem importância no meio das cerimónias fúnebres. No entanto, algumas pessoas interrogam-se e, entre elas, madame de Montespan, que gosta muito de Charlotte. O que acabam por descobrir é apavorante e quando a jovem reaparece de súbito, todos constatam que já não é a mesma.
Nas livrarias em Fevereiro.


Halo de Alexandra Adornetto
Na sua estreia, este livro entrou directamente para o 4.º lugar na lista dos mais vendidos do New York Times. A história tem como pano de fundo o sobrenatural. Três anjos, Gabriel, Ivy e Bethany foram enviados pelo Céu, para travar as forças do mal que se estão a instalar nos sentimentos dos seres humanos. A missão parece fácil, mas tudo pode acontecer quando um anjo não sabe viver pelos padrões humanos e pior ainda se apaixona por um humano.
Nas livrarias em Março.


A cidade dos anjos caídos de Cassandra Clare
O quarto volume da bem-sucedida série Caçadores de Sombras – bestseller New York Times – reforça a aposta da Planeta no romance de fantasia urbana.
A cidade dos anjos caídos mantém o registo exótico e quase cinematográfico iniciado nos primeiros volumes e retoma as carismáticas personagens dos livros anteriores.
Neste livro, Clary, com 16 anos, volta para casa em Nova Iorque. Neste momento o que lhe interessa é continuar a treinar o seu Poder para se tornar um Caçador de Sombras. A mãe vai por fim casar com o amor da sua vida. Tudo parece estar em paz. E o mais importante, pode namorar com Jace. Mas tudo tem um preço. Alguém está a assassinar Caçadores de Sombras, provocando tensões que podem levar a uma guerra bastante sangrenta. O melhor amigo de Clary, Simon, não a pode ajudar, a mãe descobriu que ele se transformou num vampiro. Sozinha poderá Clare travar a guerra que se avizinha?
Nas livrarias em Fevereiro.


O estudante de Coimbra de Guilherme Centazzi
Foi o verdadeiro precursor do romance português, antes de Alexandre Herculano e Almeida Garrett, através da obra Carlos e Julieta, publicada em 1838.
No entanto, a grande inovação na sua escrita mostra-se com O Estudante de Coimbra (1840), publicado em três volumes, o primeiro romance português traduzido e editado no estrangeiro.
O Estudante de Coimbra mistura, de forma inovadora, romantismo com realismo, abordando com uma faceta quase picaresca, a vida de um universitário que se envolve nas Guerras Liberais. Embora alguns traços do protagonista deste romance denotem traços biográficos, a parte mais substancial do enredo é, sem margem para dúvidas, uma ficção.
Apesar de ignorado pelas elites da época – e estando ausente de estudos sobre literatura portuguesa –, O Estudante de Coimbra foi traduzido em 1844, na Alemanha, e recebeu uma extensa recensão de mais de uma dezena de páginas pelo conceituado crítico escocês Thomas Carlyle no Fraser's Magazine em 1848.
Nas livrarias em Março.


Cascas, talos, folhas e outros tesouros nutricionais de Alexandre Fernandes
O único livro de receitas para o aproveitamento integral dos alimentos, com a garantia de um dos mais destacados nutricionistas da actualidade, Alexandre Fernandes.
Cascas, talos, folhas e outros tesouros nutricionais vai para além do aproveitamento integral dos alimentos como necessidade, ele pretende ajudar a instalar uma atitude que resulta também num aumento da consciência ecológica, como refere o actor Ricardo Carriço no prefácio desta obra.
Não desperdiçar o que faz bem é o que propõe o autor que, além das mais de 180 receitas práticas, dá conselhos para a organização da cozinha e ensinamentos úteis para melhor saber preparar e conservar os alimentos frescos.
Nas livrarias em Janeiro.


Os segredos da maleta vermelha de Alexandra Leal/ Paula Cosme Pinto
Um livro desmistificador que conta a história de uma boa ideia de negócio que se transformou numa missão: ajudar as mulheres portuguesas a melhorarem a sua vida sexual. Divertido e sem preconceitos, é escrito, em co-parceria, pela mulher que introduziu em Portugal a mais famosa empresa do tuppersex, a sex shop ao domicílio: Maleta Vermelha.
O Prof. Júlio Machado Vaz faz o prefácio do livro, que inclui também recomendações de alguns dos principais sexólogos e médicos especialistas em sexualidade.
Nas livrarias em Janeiro.


Tomar a iniciativa de Seth Goldwin
Seth Godin é autor de doze best-sellers e de um blogue com muitos seguidores, para além de ser um empresário de êxito. Os seus livros estão traduzidos em mais de 35 línguas. É fundador de Squidoo.com, um dos cem websites mais populares dos Estados Unidos. Godin escreve para a Fast Company e para a Harvard Business. Revue e já fez milhares de conferências para empresas, governos e organizações sem fins lucrativos.
Neste livro, o autor apela à iniciativa, uma atitude que instila vida numa organização e nos mostra aquilo que dá resultado.
A nossa economia não é estática, mas agimos como se fosse. O nosso lugar no mundo é definido pelo modo como instigamos e provocamos e por aquilo que aprendemos com os acontecimentos de que somos causadores.
Num mundo repleto de mudança, é isso que conta — a sua capacidade para criar e para aprender com a mudança.
Nas livrarias em Março.


Manual para não morrer de amor de Walter Riso
Um dos mais conceituados autores de temas de desenvolvimento pessoal, com mais de um milhão de livros vendidos em Espanha e na América Latina.
Manual para não morrer de amor é o novo livro do psicólogo Walter Riso em que retoma o tema que melhor conhece: o amor. Com um estilo eloquente e acessível, Riso dá-nos as soluções e as ferramentas para ajudar a superar os desgostos amorosos.
Nas livrarias em Janeiro.


Múltipla Escolha de Lya Luft
Depois do estrondoso sucesso de Perda & Ganhos, a poetisa e romancista brasileira Lya Luft regressa a este tipo de escrita que lhe deu notoriedade.
Múltipla Escolha é um livro importante numa altura em que a indecisão e a incerteza minam a vida e o quotidiano das pessoas. Lya Luft, a autora mais vendida no Brasil, reflecte com uma lucidez e sabedoria invulgares sobre problemas que nos tocam a todos – a nossa família, as nossas dificuldades de comunicação, o nosso lugar no trabalho e numa sociedade que criou uma série de estereótipos que nos escravizam todos os dias.
Escrito num tom simples, o livro quase poderia ser uma conversa com uma mãe ou um amigo, em busca de sabedoria em relação à vida.
Nas livrarias em Janeiro.


Um Longo Caminho para a Liberdade de Nelson Mandela
Depois de muitas biografias que se escreveram sobre Nelson Mandela, este livro é a primeira autobiografia de um dos grandes chefes morais e políticos do mundo.
Neste livro de memórias escrito por si próprio, Mandela conta-nos a sua extraordinária história de vida, uma narrativa de luta, dor, derrota, esperança renovada e triunfo final. Um livro indispensável.
Nas livrarias em Fevereiro.


Mistério no Benfica: o Roubo da Taça dos Campeões Europeus de Patrícia Reis
Da série Diário do Micas chega mais uma divertida e empolgante aventura.
O segundo livro de Patrícia Reis, com a chancela da Planeta e com o apoio do Plano Nacional de Leitura, é passado em torno do emblemático clube da Luz. A abertura do Museu do Benfica, prevista para 2012, motivou a criação desta aventura do Micas e dos amigos que revisitam um momento fundamental da história do clube: a conquista da Taça dos Campeões Europeus em 1962, que fará 50 anos também este ano. Eusébio, o herói maior do nosso futebol, bem como Torres, e o treinador Bella Guttman são algumas das personagens do livro.
Nas livrarias em Fevereiro.


A Cozinha dos Monstros , vols. 1 e 2 de Martín Piñol
Uma colecção de livros para ajudar os mais novos a interessarem-se pela cozinha através de receitas «nojentas» a que não resistirão. Magnificamente ilustrados, cada volume conta histórias asquerosamente divertidas e inclui ainda cartas para jogar, receitas fedorentas mas comestíveis, actividades monstruosas, testes aterradores, passatempos de meter medo...
Nas livrarias em Fevereiro.


Guia de Guimarães para miúdos de Maria João F. Lopes
No ano em que se assinala Guimarães como Capital Europeia da Cultura e cidade Património da Humanidade, o Guia de Guimarães para miúdos é o primeiro e único livro sobre esta cidade, destinado a jovens leitores dos 7 aos 15 anos. Este guia propõe circuitos específicos a realizar dentro da cidade, no Paço Ducal e também um percurso a pé pela natureza, nos arredores de Guimarães.
Inclui mapas dos percursos, algumas actividades a realizar e informações sobre serviços e contactos, úteis para pais e filhos.
Nas livrarias em Fevereiro.

0 devaneios :