Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012
Delmore Schwartz nasceu em 1913. Poeta e ficcionista, foi o maior expoente literário da sua geração. Em 1935 escreveu «Nos Sonhos Começam as Responsabilidades e outras histórias», obra-prima da literatura norte-americana do século XX. O prefácio desta edição é assinado por Lou Reed, seu aluno e confesso admirador.

«Nos Sonhos Começam as Responsabilidades e outras histórias» conta a história de um jovem, cujo nome nunca saberemos, que assiste à projecção de um filme mudo num velho cinema de Nova Iorque. Para seu espanto as imagens que desfilam à sua frente são as do romance dos próprios pais. Um livro que é uma ode nostálgica à cidade que nunca dorme. A mais bela, alucinatória e comovente que alguma vez terá sido escrita.
 
Delmore Schwartz nasceu em 1913, filho de emigrantes judeus. Poeta e ficcionista, foi o maior expoente literário da sua geração que, nos Estados Unidos, cresceu com a Depressão, ganhando proeminência na II Guerra Mundial.

Em Julho de 1935 Delmore escreveu «Nos Sonhos Começam as Responsabilidades», definitivamente a sua obra maior. Amores agitados e a dissipação no álcool cruzam-se com a vida de escritor e a vida académica. Encantava os seus alunos, um dos quais, Lou Reed, o louva no extraordinário prefácio que se publica. Delmore morreu na miséria, em 1966. O seu corpo esteve na morgue três dias sem que ninguém o reclamasse.

0 devaneios :