Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013
Autora: Lisa Kleypas
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 352
Editor: 5 Sentidos
ISBN: 978-972-0-04395-5

Sinopse:
O seu olhar feroz e acusador moveu-se dos olhos para os lábios dela, até se ver irremediavelmente rendido e enterrar a boca na dela num ímpeto de paixão impaciente.
Quatro jovens da sociedade elegante de Londres partilham um objetivo comum: usar os seus encantos femininos para arranjarem marido. E assim nasce um ousado esquema de sedução e conquista.
Num refinado baile londrino, Lillian Bowman depressa descobre que a sua educação tipicamente americana não está propriamente na moda. E encontra no insuportável Marcus, Lord Westcliff, o seu crítico mais implacável. Pena que seja um excelente partido...
Quando Lillian cai acidentalmente nos braços de Marcus, vê-se chocada e consumida por uma súbita paixão por um homem que julgava detestar. O tempo parece parar e o corpo da jovem cede ao erotismo do momento, descobrindo sensações que nem sonhava existirem...
Marcus, conhecido pela sua constância, também se vê perdido num turbilhão sensual. Cada toque de Lillian é pura tortura, cada beijo o faz gemer por mais. Mas como pode ele pensar em aceitar uma mulher tão pouco adequada para sua noiva?


Opinião:
No último livro desta saga havíamos conhecidos o grupo das Encalhadas, um conjunto de solteironas que são sempre ignorada em todos os bailes e que decidem juntar-se não só para terem alguém com quem falar durante estas festas enfadonhas mas também para se ajudarem mutuamente na busca por um bom partido.

Neste livro conhecemos a inglesa Lillian Bowman. Lillian nasceu e cresceu em Inglaterra, um local onde as boas maneiras passam por dizer sempre obrigada, de nada, como está... Mas acontece que entre a sociedade londrina, onde agora vive, até estes simples hábitos passaram a ser estranhos e mal encarados, pois afinal quem é a senhora de alta classe que fala com pessoas de menor estatuto social!? Até mesmo para dizer um simples bom dia... Embora Lillian seja obstinada, a verdade é que já está na idade de casar e se brevemente não fizer um bom casamento, será mais uma solteirona rodeada de gatinhos e vivendo para sempre sozinha. Não querendo que nada disto aconteça, as Encalhadas decidem que chegou a vez de ajudar Lillian a encontrar marido. E estão muito positivas, não tivessem arranjado um grande partido para Annabelle, um dos homens mais ricos de toda a grande cidade de Londres (além de super apaixonado pela sua mulher).

Mas mesmo antes de as nossas queridas Encalhadas começarem a sua busca para um par para Lillian, uma faísca ocorre entre esta e o popular Marcus, um grande amigo do marido de Annabelle, um homem reservado que inspira antipatia e medo, mas que acaba por se demonstrar mais ternurento e simpático do que todos esperavam, especialmente para aqueles que sempre o apoiaram e de quem gosta. Sendo o pai de Lillian um grande comerciante de sabonetes e estando Marcus interessado no seu negócio, estes dois homens combinam uma estadia de uma semana  na casa de Marcus, de forma a conseguirem pôr os seus negócios a andar. Mal podia Marcus adivinhar que ao fazer tal convite acabaria por ficar a conhecer uma Annabelle diferente daquilo que esperava. Uma pessoa sincera, directa, divertida e livre.

Cada vez gosto mais desta autora. Consegue criar um daqueles romances históricos que hoje em dia estão muito na moda mas sempre com algo muito próprio, sempre com uma nova história de fundo e com um muito bom desenvolvimento das personagens. Annabelle é uma personagem fantástica! Tendo nascido em Inglaterra e não em Londres, não sabe e não gosta das regras por que se regem as senhoras nesta cidade, acabando por ser considerada rude e uma má escolha para esposa. É uma pessoa que diz tudo o que pensa sem papas na língua, que se dá com todos e não apenas com os da sua classe económica, que gosta de jogar jogos em nada respeitáveis para senhoras da sua classe... Mas é tudo isto que a faz ser quem é e que acaba por chamar a atenção de Marcus que vê nela alguém muito parecido consigo e que lhe consegue fazer frente. Marcus é uma pessoa que em criança teve uma infância difícil, mas que acabou por se tornar uma excelente pessoa, honrada, por vezes amigável e adorada por aqueles que realmente o conhecem.

A escrita da autora continua como no primeiro livro. Fluída, simples, irónica e divertida. Uma escrita muitíssimo boa que nos leva através das páginas deste livro de uma forma rápida e envolvente, levando-nos, em conjunto com a própria história, a querer ler, ler e ler, sem nunca parar!

Uma saga que estou a gostar imenso e estou cheia de vontade de ler o próximo volume, pois o final deste prometeu um excelente e divertido livro entre duas personagens muitíssimo diferentes e inesperadas!

1 devaneios :

Li Menina Mulher disse...

Ola =) e Feliz Ano Novo!

Criei um cantinho para as minhas leituras e gostava que fosses la dar um pulinho, se pudesses. =P

Ate porque preciso de ter seguidores para poder ter parcerias com as editoras. Se puderes ajudar desde já agradeço.

De qualquer modo continuo a vir aqui para saber das novidades e participar nos passatempos.

http://livrosechaquente.blogspot.pt/

Bjinhos