Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 17 de março de 2013
Autor: Franck Thilliez
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 400
Editor: Sextante Editora
ISBN: 978-972-0-07161-3
Coleção: Sextante TOP

Sinopse:
Cinco cadáveres encontrados com terríveis mutilações e os crânios serrados…
Eis o que obrigou a polícia criminal a chamar o comissário Franck Sharko, que estava nesse momento de baixa a fim de tratar as suas crises de esquizofrenia.
Um caso que vai reunir Lucie Henebelle e Sharko, personagens tão diferentes e porém tão próximas na maneira como encaram o seu trabalho de polícias.
Dos bairros de lata do Cairo aos orfanatos do Canadá dos anos cinquenta, os dois investigadores vão deparar-se com um mal desconhecido, uma realidade terrível que revela que podemos ser autores do pior.
Porque os que não conhecem a síndrome E não sabem ainda do que podem ser capazes…


Opinião:
Desde que li o livro "Alex" da Sextante TOP (um dos meus livros favoritos do ano passado), tenho acompanhado esta coleção que na minha opinião se destaca por ter livros diferentes de muitos que encontramos por aí, tendo grande parte das vezes linguagens cruas e, nos policias da coleção, há uma profundidade psicológica das personagens, o que eu adoro.

Ludovic Sénéchal adora filmes antigos. As películas antigas, o seu cheiro, as fantásticas imagens que elas transmitem e as emoções fortes que sente ao vê-las. Após ter comprando algumas películas a um antigo colecionador que havia falecido, Ludovic decide relaxar enquanto vê um desses filmes. Mas algo de muito estranho acontece e após a visualização deste filme fica cego! Entrando em pânico, liga de imediato à ex-namorada que trabalhava na polícia, Lucie Hennebelle.

Enquanto isso, Franck Sharko trabalho num caso complicado que o leva a viajar até ao Egipto. Um caso que muito macabro que está a ser abafado pela polícia egípcia, em que todas as vítimas aparecem com os crânios serrados e sem olhos. É então que num contacto inesperado, Hennebelle e Sharko acabam por cruzar as suas investigações e descobrem que ambos os casos, tão aparentemente distanciados, estão mais relacionados do que esperam.

Adorei este livro! Linguagem nua, crua e directa... Uma história que une desde mortes macabras,  acção, policial, conspirações e uma pitada de ciência, especialmente relacionada com neurologia. Esta história tem algo que "Alex" também tinha, duas histórias que parecem nada terem haver uma com a outra e quando nos apercebemos estão mais interligadas do que o que quer que seja. Antes de ter lido este livro, li no blogue "Menina dos Policias" uma comparação com a trilogia "The Ring", e tenho que concordar, pois tendo eu lido a trilogia há pouco tempo, também encontrei algumas semelhanças. Especialmente porque o mistério de todo o livro circula à volta de um misterioso filme que tem estranhos efeitos nas pessoas após ser visto. Além disso mete um pouco de ciência, tal como os últimos livros dessa trilogia (especialmente o último). Mas o desenvolvimento é totalmente diferente!

As personagens estão muitíssimo bem desenvolvidas, tendo certas características que as tornam muito reais, o que me ajudou a envolver-me nos problemas que eles ultrapassavam ao longo de todo o livro. Tudo isto numa escrita, como já referi, directa e crua, o que é algo que eu adoro em policiais.

Gostei imenso. O problema foram as ultimas 6 páginas, que fizeram com que o meu desespero pelo livro seguinte seja enorme!! Nunca pensei que pudesse haver um final assim tão... duro e cru e mesmo deprimente. O que me fez de imediato procurar se havia continuação, e sim, há e na parte desdobrável deste livro está anunciado como um dos próximos livros a editar pela sextante TOP... preciso mesmo de o ler!!! Além disso o título do livro anuncia muita genética envolvida (o nome é GATTACA, e se é o que desconfio, o nome está relacionado com sequências de nucleótidos do DNA).

Recomendado!

0 devaneios :