Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 14 de abril de 2013
Autor: Scott Westerfeld
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 384
Editor: Vogais
ISBN: 9789896681517
Coleção: Leviatã

Sinopse:
O Leviatã é forçado a desviar-se do seu percurso para resgatar Nicola Tesla, o inventor do Golias, uma máquina capaz de destruir cidades, e que ele usa como trunfo para impor a paz. Quando é descoberto um plano secreto alemão para sabotar a máquina, este ameaça disparála. Este é o espetacular final da trilogia!Batalhas aéreas emocionantes numa viagem à volta do mundo echeada de perigos e... beijos ousados!


Opinião:
Um autor que tenho acompanhado. Todos os livros que saiem em Portugal são obrigatórios para mim, pois têm sempre uma história diferente e refrescante, surpreendendo-me pela positiva. E para mim este último volume da trilogia foi, sem dúvida alguma, o melhor de toda a saga!

Estamos mesmo no meio de uma guerra entre Darwinistas e Clankers, duas facções que acreditam em diferentes pontos de vista de evolução, uma na natural e outra na "mecânica", onde o que não falta são estranhas quimeras com estranhas habilidades e feições. Uma guerra muito mais profunda do que parece, quando metade da tripulação do leviatã já sabe quem é Alex, e da sua importância na guerra e a outra metade sabe que Dylan é tudo menos um rapaz!

Sim, não vou fazer uma introdução tão grande como costumo fazer, porque todo este livro tem mistério atrás de mistério e surpresas atrás de surpresas, não fosse ser a fantástica conclusão desta trilogia steampunk, a primeira saga verdadeiramente steampunk que li e que devo dizer que adorei, especialmente este último livro!

Scott Westerfeld é sem dúvida um autor que admiro cada vez mais! Embora costume escrever para um público mais juvenil, as suas histórias podem ser lidas por um público mais abrangente e tem uma coisa que adoro, uma grande imaginação sem limites! Consegue criar as suas próprias histórias sem recorrer à imaginação de outro autor, sem recorrer a certos clichés existentes, e conta sempre algum tipo de lição nos seus livros! Tem uma escrita fluída, simples e que nos agarra do início ao fim e para além de ter essa imaginação para construir a base de uma nova e interessante história, consegue desenvolvê-la muito bem, acabando sempre por pôr todos os pontos nos i's.

Em toda esta saga vemos retratadas duas facções muito diferentes, com diferentes ideias e que pensam que são inimigos uns dos outros, sem nunca tentarem trabalhar lado a lado. Ao longo da trilogia vemos estas barreiras a serem destruídas por um bem maior, retirar um tirano do trono e colocar todo o mundo em paz. Temos muita aventura, mistérios empolgantes, corridas contra o tempo alucinantes e até um pouco de romance! Especialmente neste livro, onde finalmente Alex descobre a verdade sobre Dylan, acabando estes por se envolverem num pequeno romance, que a mim, romântica assumida, me fez suspirar. Mas um truque inteligente do autor foi não dar demasiado palco a este romance, de forma a não desligar o leitor de toda a história que os rodeava, sendo esta sem dúvida a verdadeira história destes livros.

O final do livro... Muitíssimo bom! Deixa os leitores a imaginarem o que quiserem, aliás, como em todas as sagas que li até agora do autor! Um final fantástico de uma saga alucinante!

0 devaneios :