Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 9 de agosto de 2013
Autora: Annie Murray
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 496
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892316130

Sinopse:
Edie, Ruby e Janet são amigas e dedicam-se a fazer chocolates na famosa fábrica Cadbury, em Inglaterra. As suas vidas poderiam ser de sonho, não fossem as atribulações familiares e a eclosão da Segunda Guerra Mundial.
Edie casa muito jovem. A sua fé no futuro é ilimitada mas o destino tem outros planos para ela. Com apenas dezanove anos, Edie enfrenta a guerra sozinha e tomada pela dor após a perda do marido e do filho. Até que uma noite, durante um bombardeamento, uma criança abandonada é deixada ao seu cuidado…
Entretanto, a sua jovial amiga Ruby, apesar do medo de ficar solteirona, acaba por se casar com Frank, desconhecendo o seu carácter temperamental.
E há também Janet - inteligente, bondosa e atraída pelos homens errados. Profundamente magoada pela sua última relação amorosa, Janet está convencida de que nunca mais se apaixonará.
Mas David, a criança que Edie acolhe, conquista o coração de todos. E quando tem idade suficiente para questionar a sua verdadeira identidade, David vai novamente transformar as suas vidas e proporcionar-lhes algo com que nunca sonharam…
Três mulheres cujas vidas são marcadas pela amizade, a guerra e o amor por uma criança.


Opinião:
Há algo na capa deste livro, nas cores, na maneira como as imagens estão colocadas, que me chamou de imediato a atenção. Sabem aqueles livros que vocês têm curiosidade em ler e depois aqui e acolá vão lendo boas críticas e a curiosidade acumula-se de tal maneira que mal têm oportunidade lêem o livro de imediato? Este foi um desses casos!

Edie, Ruby e Janet acabam por se encontrar umas com as outras devido a um simples facto, a vida. Duas são amigas desde pequeninas. Outras duas são amigas devido ao voluntariado. E as outras duas são amigas porque queriam conhecer "as amigas das amigas".

Edie queria sair de casa brevemente. Odiava viver com os pais, uma das formas mais cruéis que conhecia de viver. Quando conhece o homem dos seus sonhos e este a pede em casamento, Edie aceita, mas a guerra estava à porta e este acaba por aceitar ir. O pior é que este acaba por morrer antes mesmo de ir para a guerra, deixando Edie grávida e sem dinheiro para fazer o que quer que seja.

Já Ruby, a amiga divertida e alegre, que gosta de ser livre, acaba por juntar-se com Frank, um dos melhores amigos do ex-marido de Edie. Um homem que durante o namoro se mostra divertido e que parece adorar Ruby, mas após o casamento mostra a falta de fé que tem naquele relacionamento e acaba por descarregar todo o seu ódio em Ruby.

Por fim temos Janet, uma pessoa que transpira simpatia. Uma pessoa adorável, simpática e prestável, que quer a todo o custo esquecer-se do passado e de tudo o que fizera de errado na infância. A única forma que conhece de se esconder do passado é fingir que ele não aconteceu e manter-se afastada de homens, o que acaba por se provar mais difícil do que parecia.

Não sei o que pensar sobre este livro. Por um lado gostei muito dele, por outro queria algo mais "romance". Após ler a sinopse pensava que este livro se ia centrar na amizade das três personagens e na criança que Edie acabara por adoptar. Mas afinal, pelo menos para mim, tais pormenores foram secundários, sendo que todo o livro se centrou mais nas suas vidas, no que tiveram de ultrapassar para sobreviver a diversos obstáculos e como a guerra as afectou. Como afectou as suas amizades, a sua família, o seu trabalho.

Esta é a realidade do livro. E é o que faz com que o livro seja muito diferente do que eu esperança. Não diferente pelo lado negativo, mas algo mais sério e profundo do que eu esperava desta leitura.

Um livro que recomendo, mas que acaba por ser uma leitura mais pesada do que parece pela sinopse.

0 devaneios :