Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013
Autora: Jojo Moyes
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 424
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04577-5

Sinopse:
Lou Clark sabe muitas coisas. Sabe quantos passos deve dar entre a paragem do autocarro e a sua casa. Sabe que trabalha na casa de chá The Buttered Bun e sabe que não está apaixonada pelo namorado, Patrick. O que ela não sabe é que vai perder o emprego e que todas as suas certezas vão ser postas em causa.
Will Traynor sabe que o acidente de motociclo lhe tirou o desejo de viver. Sabe que agora tudo lhe parece triste e inútil e sabe como pôr fim a este sofrimento. O que não sabe é que Lou vai irromper na sua vida com toda a energia e vontade de viver. E nenhum deles sabe que as suas vidas vão mudar para sempre.
Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso com sensibilidade e realismo, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências.


Opinião:
Admito... nunca tinha lido nada desta autora. À medida que tenho crescido, tenho notado que os meus gostos literários têm mudado. Embora continue a gostar de bons livros de fantasia, desenvolvi um gosto especial por livros dramáticos e bons policiais. Acho que posso afirmar que cresci não apenas em idade e mentalidade como em gosto literário. E este é um desses livros que anteriormente nunca me teria chamado a atenção e que agora não podia deixar de passar a oportunidade de o ler.

Lou Clark tem uma vida segura. Não fora para a universidade para ganhar dinheiro a fim de ajudar a família, tem um namorado "seguro" de quem começa a aperceber-se que não gosta assim tanto e a juntar a tudo ainda tem que começar a trabalhar mais para sustentar o filho da irmã e o sonho desta de fazer a universidade, algo que nunca conseguira fazer. Lou não guarda ressentimentos de nada disto, percebe que a vida é algo que não se pode mudar, que simplesmente acontece e tenta sentir felicidade pelos pequenos momentos de felicidade. Mas o seu mundo começa a desabar quando perde o seu emprego. Um emprego que alimentava a família inteira e ajudava na universidade da irmã.

Decidida a arranjar algo de imediato para fazer pois precisa mesmo do emprego, aceita ir a um entrevista de emprego para prestadora de cuidados. Mal adivinha ela que este emprego seria o mais difícil da sua vida. Um emprego que iria pôr em causa tudo em que acredita e sabe sobre a vida. Will era um rapaz activo. Adorava tudo o que era aventuras radicais e começava uma verdadeira carreira no seu novo emprego. Um rapaz lindíssimo e engraçado que tinha para namorada uma autêntica modelo. Algo que mudou de imediato após um acidente, que o acaba por deixar tetraplégico. Will não quer viver a sua vida assim. A depender das outras pessoas para tudo na sua vida, desde comer, tomar banho, sair, até mesmo para manter a sua temperatura corporal! Will apenas tem uma coisa sua... o seu pensamento, a sua capacidade de pensar...

Nunca tinha lido nada desta autora, mas confesso que adorei este livro. Comecei a lê-lo e apenas parei uma vez pois tinha mesmo que ir dormir. Mas na segunda vez que lhe peguei não larguei enquanto não soube como iria acabar esta história que tanto me comoveu. Nela temos Will, um rapaz de boas famílias que tinha a melhor vida que alguém poderia querer e que a perder quando é atropelado. E Lou, uma rapariga simples e sossegada que não sai da sua zona de conforto. Lou é uma personagem inteligente, forte e uma pessoa que gosta de ajudar os outros. Já em Will vemos uma pessoa também inteligente mas irónica, decidida e com um grande amor à sua antiga vida, sendo que ele sente que esta não é para ele. São tuas personagens que acabam por ser muito importantes na vida uma da outra, ajudando-se mutuamente a perceber que a vida não é apenas aquilo que eles viam à frente. Will descobre que pode haver mais felicidade na sua vida do que esperava e Lou descobre que se for decidida poderá fazer coisas que nunca havia feito anteriormente.

É um livro muito emotivo que agarra o leitor do início ao fim e que nos deixa a pensar se o final terá ou não sido o melhor. Um livro que acaba por ser muito aberto a interpretações e à própria maneira de pensar da pessoa, sendo que me fez decidir que tenho que ler algo desta autora novamente, pois esta foi a primeira vez e adorei a experiência, pois deparei-me com um livro que me tocou e comoveu, com um livro que sei que tão cedo não irei esquecer. Personagens diferentes mas fantásticas à sua forma e sentimentos verdadeiros que muitas pessoas com estes problemas poderão sentir.

Recomendo sem reservas!

2 devaneios :

Livros em Desassossego disse...

Boa tarde,
Não sei se já sabe, mas desde o Devaneio 150 ao 155 o link não está a funcionar.
Obrigada e Boas Leituras

v_crazy_girl disse...

Olá!

é porque são livrinhos que ainda não escrevi a opinião, mas já li :) Daí ainda não terem link :D Mas antes do fim do ano comentarei tudinho :D

Bjs*