Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 21 de março de 2014
Autora: Laurell K. Hamilton
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 400
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896376161

Sinopse:
O meu nome é Meredith Gentry. Entre os humanos sou detetive privada. Mas no mundo feérico sou a princesa Merry, herdeira do trono. Há pessoas ao meu redor que afirmam que me tornei em algo superior. Mesmo apesar de me protegerem, essas pessoas temem-me. E alguém as pode censurar? Eu despertei a magia deslumbrante que estava adormecida dentro delas há milhares de anos. E o problema é que não consigo perceber porquê.
A minha tia, a rainha do Ar e da Escuridão, já não se distrai com os seus passatempos sádicos do costume. A sua atenção obsessiva concentrou-se firmemente em mim e em eliminar-me da corrida ao trono.
Tudo começou com o cálice. Sonhei com ele e, quando acordei, encontrei-o, frio e duro, ao meu lado. Os meus protetores conhecem bem a relíquia antiga: o seu desaparecimento há alguns séculos retirou-lhes os poderes vitais. Mas agora está aqui, connosco. E ao mesmo tempo que me estimam por lhes ter concedido esta prenda tão inesperada, também há quem me deteste por isso. Eu, uma mestiça, sou parcialmente mortal. E alguns não aceitam que eu ocupe esse lugar. O meu número de inimigos aumenta a cada dia mas eles não sabem do que eu sou capaz. E, já agora, nem eu...


Opinião:
Já tinha imensas saudades desta saga. É uma saga diferente do normal onde o sexo não tem um significado erótico mas mais de amizade e necessidade, sendo uma saga que nos conta os mais profundos e negros segredos dos Seelie e Unseelie, duas raças muito poderosas e que neste livro são retratadas de uma forma que adoro.

Meredith é a princesa Unseelie, embora na realidade também tenha sangue Seelie e humano. Uma rapariga que tentou escapar das garras cheias de ambição da sua tia vivendo uma vida normal de humana, mas que acabara por ser descoberta e levada de novo para a corte, onde acaba por se revelar alguém demasiado diferente e estranho. Mas um diferente e estranho positivo, acabando por acordar os seus poderes há muito adormecidos, poderes muitíssimo fortes e que já não existiam há imenso tempo. Mas apesar disso Meredith tem grandes problemas entre mãos. Não quer ficar na corte, onde a sua vida está em constante risco e ter que ter cuidado com os seus guardas e também amantes diariamente não é tarefa fácil.

Mas Meredith sabe jogar bem as suas cartas e é precisamente isso que ela faz, utilizando o seu corpo e alma para apostar a sua vida e tentar salvá-la a ela e a todos aqueles que são importantes para si, na luta contra o seu primo que a quer matar e de todos aqueles que acham que por ela ter sangue humano não é forte o suficiente para reinar.

Eu gosto imenso desta saga. Tenho noção que não é uma saga para todos, é uma saga que apesar de ter um história muito interessante que mistura seelie, unseelie e humanos, tem um conteúdo erótico que para muitos pode ser demasiado elevado. Eu por acaso gosto do conteúdo erótico deste livro. Nas lendas mais antigas os seelie e unseelie são seres para quem o sexo é como um simples abraço, é um meio de partilhar carinho e de se confortarem uns aos outros e nesse ponto este livro esta muitíssimo bem retratado. Além disso gosto muito da personagem principal. Meredith é uma personagem forte, determinada e que faz tudo para proteger aqueles que lhe são importantes, embora isso não a impeça de ser frontal com estes quando eles cometem algo de errado.

Também gostei de ver o lado mais franco da tia de Meredith. Esta é uma mulher que sabe que tem que ser forte e determinada para que o povo não se revolte contra ela e por isso reina com mão de ferro. Mas os episódios em que esta aparece, embora poucos e breves, são sempre fantásticos e surpreendentes. Mas não foi apenas a relação com a sua tia que foi desenvolvida neste livro. Nele também é aprofundada a relação com os seus guardas. E que guardas! Os homens mais bonitos e fortes do reino, com um sentido de dever acima de tudo e todos. Há uma cena neste livro, em que os guardas se protegem todos uns aos outros da rainha que me tocou e admirou profundamente, provavelmente essa é, na minha opinião, a melhor cena de todo este livro pois demonstra não só o companheirismo que os guardas desenvolveram para se protegerem ao longo de centenas de anos mas também o quão assustadora a rainha e tia de Meredith pode ser.

Um livro muitíssimo bom, de uma saga diferente e que adoro. Uma saga que quero continuar e cujo próximo volume espero com muita curiosidade.

0 devaneios :