Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 21 de abril de 2014
Autora: Veronica Henry
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 336
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897261169

Sinopse:
O Expresso do Oriente. Luxo. Mistério. Romance.
Para o grupo de passageiros que se instala nos seus lugares e bebe os primeiros goles de champanhe, a viagem de Londres até Veneza é mais do que a viagem de uma vida.
Uma missão misteriosa; uma promessa feita a um amigo moribundo; uma proposta inesperada; um segredo que remonta a vida inteira... Enquanto o comboio segue viagem, revelações, confissões e encontros amorosos têm lugar no cenário mais romântico e infame do mundo.


Opinião:
A capa deste livro é lindíssima. Tem umas cores fantásticas, a representar o fantástico pôr do sol, algo que me chamou a atenção. Aliás, admito que a capa me chamou muito mais a atenção do que a sinopse em si, pois esta apenas prometia algo repetitivo e rotineiro e não me despertara muito a atenção. O que me enganara.

O Expresso do Oriente é o comboio mais luxuoso que existe em todo o mundo. Um comboio que existe apenas para pessoas ricas viverem momentos felizes e alegres, num local onde cuidar o melhor possível do cliente para este ser feliz é a prioridade máxima. Um comboio onde cada camarote é tratado de forma especial, onde cada pessoa tem necessidades que são atendidas de imediato pelo responsável do camarote. Adele é uma velha senhora com um passado oculto. Um passado que regressa quando esta decide recuperar uma grande obra de arte que praticamente ninguém conhece, mas que tem um inestimável valor monetário e sentimental. Pede assim à sua neta que recupere esse quadro, uma viagem que leva a que a neta, Imogen, se interrogue sobre o seu futuro com o suposto namorado.

Archie e Emmie são duas pessoas que nunca se tinham visto antes de chegarem ao Expresso do Oriente, tendo ambos ganho um passatempo para que nem sequer tinham sido eles mesmos a inscrever-se. Aceitando ir com um completo estranho no cruzeiro, as suas razões para tal são totalmente diferentes. Riley e Sylvie são pessoas conhecidas em todo o mundo. Ele é uma grande fotógrafo, ela uma das atrizes mais conhecidas de todo o mundo, duas pessoas muito iguais mas ao mesmo tempo diferentes que não sabem ao certo qual a sua relação. Temos também Simon e a nova namorada, Stephanie. Simon tem também dois filhos, duas crianças que ainda estão a ultrapassar o divórcio do pai e a decidirem até que ponto podem confiar na nova namorada.

Este é um livro com uma escrita simples e fluída, com descrições que levam qualquer leitor ao céu, especialmente as descrições do belíssimo cruzeiro. As histórias entre as personagens não são histórias nunca ouvidas e lidas, mas a escrita da autora torna-as únicas e o facto de cruzar todas as histórias e uni-las através do Expresso do Oriente foi uma ideia de génio. Neste livro conseguimos então encontrar todo o tipo de problemas. Problemas familiares, problemas emocionais, problemas que se pensava já estarem ultrapassados. Cada história tem a sua magia, desde a história super romântica do grande fotógrafo e atriz, passando pela história do passado de Adele e de como esta fez o possível para escolher a atitude certa a tomar, a paixão crescente de dois completos estranhos e a história de confiança dos filhos de um homem para com a sua nova namorada.

Todas estas histórias me atingiram e gostei especialmente da história de Adele e do seu passado, embora tenha ficado triste com o final da mesma. É um romance simples, com uma escrita maravilhosa e personagens que nos prendem do início ao fim. Recomendo!

0 devaneios :