Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 9 de junho de 2014
Autora: Marianne Kavanagh
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 304
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626424

Sinopse:
Esta é Tess. Uma rapariga jovem, obcecada por roupas vintage, presa a um trabalho que detesta. Ainda assim, tem como namorado desde a faculdade Dominic, um belo contabilista, e tem um apartamento fantástico que partilha com a sua melhor amiga, Kirsty. Mas se a sua vida pessoal corre tão bem assim, porque é que se sente destroçada sempre que lhe perguntam pelo futuro?
Este é o George. Um músico de jazz brilhante que passa quase tanto tempo a apaziguar as brigas entre os membros conflituosos da sua banda, como passa a preocupar-se com o seu pai enfermo, e a tentar alcançar as muito altas expetativas da sua namorada corretora. Para um tipo que sempre acreditou no romance, o lado prático e deprimente da vida dos vinte e tais surgiu-lhe como um choque. Sempre à beira de chegar a algum lado melhor, ele procura algo mais… e alguém especial.
Tess e George podem muito bem ser as duas metades de algo perfeito e completo. Se ao menos os seus caminhos se cruzassem…
Siga Tess e George através de uma década de maus namoros, jantares e festas caóticas, aniversários mágicos, empregos sem-saída, relações desiguais, e muitos recomeços. A Minha Outra Metade é uma comédia moderna de costumes, de amizades e de desencontros deliciosamente inteligente.


Opinião:
Este livro tinha aspecto de ser extremamente querido. Um livro querido e engraçado. Eram estes os pensamentos que me passavam pela cabeça ao ver a capa do livro, sendo que fora esta que me chamou a atenção. A editora TopSeller consegue sempre trazer capas lindíssimas aos seus romances e esta não foi excepção.

Tess adora roupa vintage. É uma paixão antiga e que a acompanha há imenso tempo. Uma paixão incompreendida por muitos daqueles que a rodeiam e que consideram aquela paixão um simples capricho que tem desde criança. A sua vida é absolutamente fantástica, tem um trabalho estável, que lhe dá hipótese de subir na carreira, um namorado excelente com um olho fantástico para o negócio e que a adora mais do que a qualquer outra pessoa no mundo e amigos que estão constantemente prontos para a ajudar sempre que esta precisa de alguma coisa. Mas ela não quer apenas isso...

George é um grande músico. A sua paixão pela música ultrapassa tudo e todos, acabando assim por criar uma banda com vários amigos e fazendo um biscaite aqui e acolá. Mas visto George querer seguir a carreira musical e não ter ninguém a quem prestar contas, acaba por puxar demasiado dos amigos, que vêm aquilo apenas como um passatempo. Acabando sozinho, George conhece uma mulher absolutamente fantástica e inteligente, que lhe dá a volta à cabeça, acabando por casar com ela, contra todas as expectativas da família e amigos. Onde George é alegria, diversão e calma, a esposa apenas vê trabalho, prazos a cumprir e dinheiro a entrar na conta.

Todos os amigos de Tess e Geoger lhes dizem que são almas gémeas, mas como podem estes sequer acreditar em algo desse género se nunca se conheceram? Se apenas sabem que são amigos dos mesmos amigos. Duas pessoas que nunca arranjaram tempo para se conhecerem apesar de todos lhes dizerem para o fazerem rapidamente.

Este é um livro que não é propriamente sobre a relação das duas personagens principais. Este é um livro sobre a vida de duas pessoas distintas que têm sonhos para além do dinheiro e fama, querendo fazer vida desses seus sonhos. Duas pessoas que acabam por conhecer alguém com quem pensam que pertencem, alguém diferente delas mas que as fazem seguras. Pessoas que seguem caminhos diferentes, devido à vida. É um livro real, cuja ação é a vida real de muitas pessoas por este mundo fora. Umas vida que apenas pode ser alterada pela perseverança e determinação demonstrada por essas mesmas pessoas.

Embora diferente do que esperava, foi um livro que gostei. Especialmente a história de George, pois esta foi uma personagem que me prendeu mais, pois a sua vida acabou por ser muito mais movimentada do que a de Tess. Um homem que adora os seus amigos e que adora especialmente tocar, sendo para si o dinheiro algo secundário, o total oposto da esposa.

Sem dúvida um livro muito interessante sobre como a vida pode surpreender-nos (tanto pela positiva como pela negativa) a qualquer altura da nossa vida. Recomendo!

0 devaneios :