Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Derradeira Ilusão" de Diane Chamberlain

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 18 de julho de 2014
Autora: Libba Bray
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 480
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892327624

Sinopse:
Ah, o Natal! Gemma Doyle está desejosa das férias fora da Academia Spence, de passar o tempo com as amigas na cidade, de ir a bailes elegantes e, numa nota sombria, de cuidar do pai doente. Quando se prepara para entrar no Ano Novo de 1896, um jovem bonito, Lorde Denby, parece estar interessado em conquistar Gemma. No entanto, no meio das distrações de Londres, as visões de Gemma intensificam-se - visões de três raparigas vestidas de branco, a quem algo terrível aconteceu, algo que só os reinos podem explicar...
A atração é forte, e em pouco tempo, Gemma, Felicity e Ann estão a transformar flores em borboletas no mundo encantado dos reinos a que só Gemma pode levá-las. Para grande alegria delas, a sua querida Pippa também está lá, ansiosa por completar o círculo de amizade.
Mas nem tudo está bem nos reinos - ou fora dele. O misterioso Kartik reapareceu, dizendo a Gemma que ela deve encontrar o Templo e vincular a magia, ou algo terrível irá acontecer-lhe. Gemma está disposta a fazer-lhe a vontade, apesar dos perigos que isso acarreta, pois isso significa que irá encontrar-se com a maior amiga da sua mãe - e agora sua inimiga, Circe. Até Circe ser destruída, Gemma não pode viver o seu destino. Mas encontrar Circe revela-se uma tarefa muito perigosa.


Opinião:
Adorei o primeiro livro desta saga. Fora um livro que despertara imensos sentimentos contrários, pelo menos de acordo com o que li na blogosfera literária, mas eu adorei. Misturava aventura, romance, o século dezanove e outros mundos, algo que gostei imenso! Admito que pensava que a continuação do primeiro livro nunca mais seria editada, mas a esperança renovara-se quando reparei que a nova 1001 Mundos, agora uma chancela da ASA, estava a editar as continuações das suas antigas coleções que estavam paradas há anos.

Já passara algum tempo desde que Pippa morrera. Um final terrível para a sua grande primeira aventura no outro reino, uma aventura que Gemma não queria repetir tão cedo, não se sentido pronta para tal. Mas Felicity e Ann querem regressar para aquele mundo de sonho, aquele mundo onde podem ser quem querem, onde são especiais e únicas. De forma a não continuar a ser pressionada, Gemma decide mentir e dizer que experimentara abrir o portal mas que não conseguira. Uma mentira que rapidamente é descoberta e que acaba com o grupo de novo a passar pelo portal, após alguma persuasão de Felicity e Ann.

Quando ultrapassam finalmente o portal, após tantos meses fora daquele lugar absolutamente fantástico, descobrem nada mais nada menos do que a sua querida amiga Pippa viva!! Uma surpresa fantástica que levara a muitos abraços e sorrisos. Mas há algo que não faz sentido em Pippa, pelo menos é o que Gemma sente, embora pareça ser a única pessoa a sentir tal. E a juntar-se a esse sentimento todos andam à procura de Gemma para utilizar os seus poderes para encontrar o Templo. Um local onde toda a magia se encontra concentrada e que apenas lá se poderá resolver todos os problemas mágicos que estão a ocorrer naquele mundo... E prestes a passar para o mundo de Gemma e das amigas...

Tinha saudades de ler um livro desta saga. Lembro-me que na altura que li o primeiro livro achei que ali se reuniam os ingredientes de uma excelente saga para uma faixa mais adolescente e este livro veio a verificar isso. As personalidades de Ann e Felicity foram aprofundadas, sendo que haviam certos traços nestas que me irritavam imenso, parecendo simples adolescentes com uma grande crise existencial, o que se virmos bem é algo que acontece imenso nessa idade, por isso acaba por ser perdoável. Por seu lado Gemma revela-se a mais normal das raparigas, quando na realidade é a que tem mais poder e a que está num maior perigo. É a única que acaba por ser lógica no meio de toda a confusão e por compreender que Pippa não é a mesma de sempre.

Adorei ver aprofundada a relação de Gemma com o seu pai, irmão e Kartik. Os problemas que existiam na família de Gemma vêem mais ao de cima neste livro, acabando por ver o grande amor que esta tem ao seu pai, sendo a mais altruísta de todas as raparigas quando é a única que tenta usar o poder não apenas para si mas para tentar curar o pai do vício. Já a relação com Kartik acaba por ser um pouco mais aprofundada e gostei de ver como este se preocupava com ela, embora a razão para a briga de ambos tenha sido muitíssimo idiota.

Uma saga de que tinha imensas saudades, e que adorei rever. Aconselho para quem quer uma coleção com aventura, magia e uma grande amizade. Uma saga para uma faixa etária mais adolescente mas que eu, já não estando nessa faixa, adorei à mesma.

0 devaneios :