Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
Autor: Carina Portugal
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 50
Editor: Fantasy&Co.
ISBN: 9781310137884

Sinopse:
Durante mais de um século, Rouco manteve a sua guarda, sob a ponte de uma antiga vila. Algo negro habita-a, escondido entre as pedras degradadas e os líquenes, aguardando a chave da sua libertação. A pequena Aurora, apesar de cega, é a única que tem o dom de as conseguir ver. Contudo essa dádiva é também uma maldição que a persegue.


Opinião:
Admito que não sou muito de contos. Costumo estar muito mais atenta a novos livros de “não contos” do que de contos. Apesar disso, de vez em quando queremos mergulhar numa nova história mas sem que esta nos ocupe muito tempo. Espairecer e deixar por momentos o cérebro noutro local. A autora deste conto apresentou-mo e eu, tento já lido outros dos seus trabalhos, não resisti.

Aurora é uma pessoa solitária. Vive sozinha com a mãe e o seu melhor amigo, um pequeno cachorrinho que a adora mais que tudo, tentando protegê-la de todos os idiotas da aldeia que a tentam atacar e que a gozam. Aurora é cega, ou pelo menos é o que todos pensam. Com os olhos vendados e apoiando-se numa bengala feita pelo falecido pai, tenta ter uma vida normal, mas tal é impossível. Não só devido ao que sofre nas mãos das crianças (e mesmo adultos) da aldeia, mas porque na realidade os seus olhos vêem muito mais do que ela admite…

Rouco é um troll da ponte. A sua missão é guardar a ponte e os espíritos malévolos que lá estão aprisionados. É um troll que fez uma promessa a um estranho homem que fora devolvido ao rio de forma não natural. A promessa de ajudar e proteger Aurora. Uma promessa que está determinado a cumprir.

Para um pequeno conto, esta história está muito gira e extremamente bem escrita. É daquelas histórias que nos prende pela escrita, ambiente, personagens e claro, história. Existe um pouco de tudo, amor, traição, morte, vida. Adorei a personalidade forte de Aurora, apesar de esta se esconder debaixo de um disfarce de menina inocente e sensível. Apesar disso, o cachorrinho e Aurora foi a minha personagem favorita. Apesar de não aparecer assim tanto como Aurora e Rouco, a adoração que este tem pela dona é palpável e houve uma altura no conto que quase comecei a chorar… Rouco também é muito bem caracterizado e compreendemos rapidamente as razões para as suas acções e começamos também a apegar-nos a esta personagem.

Sem dúvida alguma um excelente conto, muito bem escrito e acreditem, não digo isto por conhecer (virtualmente) a autora. Leiam-no! Não se vão arrepender, além de ser gratuito!

5 devaneios :

Isaura Pereira disse...

Olá!

Não conhecia este conto e autora. Também não sou muito dada a contos. Gosto de histórias longas e que ficam mais tempo.
Mas este parece-me bem.

Boas leituras!

Vanessa Montês disse...

Este é muito bom! Tens que experimentar :)

Bjs*

Leto of the Crows - Carina Portugal disse...

Muito obrigada pela opinião!
Fico contente que tenhas gostado ^_^

Beijinhos

Marisa Luna disse...

Gosto do que escreve a Carina e fiquei muito curiosa em relação a este conto.
Eu gosto de contos, apesar dos bons me deixarem "com água na boca".
Beijocas

Vanessa Montês disse...

Gostei imenso Carina!!

Este é um conto muito bom Marisa, mas tem início, meio e fim. Muito bem escrito nesse ponto :)