Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015
Autora: Monica Murphy
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 256
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898800190

Sinopse:
Perder. Tudo na minha vida se resume a esta palavra doentia. O meu treinador culpa-me por termos perdido os jogos decisivos da temporada. E o resto da equipa também. Passei os últimos dois meses completamente perdido e fechado sobre o meu desespero, como um autêntico fracassado. E perdi a minha namorada — Fable, a única rapariga que alguma vez mexeu comigo — por não me achar suficientemente bom para ela e por não querer magoá-la.
Agora sei que deixá-la foi um erro e, ao ser cobarde, fui eu quem mais perdeu. Mas, mesmo que ela finja que está tudo bem e que seguiu com a sua vida, sei que ainda pensa em mim. Conheço-a demasiado bem. Raios… Ela é tão frágil que tudo o que eu mais quero é estar por perto para protegê-la… para abraçá-la… para amá-la.
Só preciso que ela me dê mais uma oportunidade. Estamos perdidos, um sem o outro, mas eu sei que juntos podemos viver um amor incomparável, para sempre.


Opinião:
Adorei o primeiro livro desta saga. Um livro young adult onde duas pessoas muito diferentes acabam por se apaixonar e aprendem a confiar uma na outra sem barreiras. Este foi daqueles livros que não precisei de ler a sinopse para saber que o queria ler. A capa não teve que fazer a sua magia para me conduzir até à narrativa. Bastou-me saber que era a continuação da história de Fable e Drew.

Drew abandonara Fable após esta lhe dar tudo o que tinha. Após lhe dar o seu amor, a sua confiança, o seu abrigo. Drew não se sentia o suficiente para ela, sabia que o seu passado nunca lhe iria permitir ser um namorado normal, nunca lhe iria deixar ser feliz sem pensar no seu íntimo se o que a madrasta lhe tinha dito era ou não realidade. Assim a melhor solução que Drew vê para esse problema é afastar-se o máximo de Fable, regressando para as aulas sem demonstrar aos colegas o que lhe havia acontecido.

Enquando Drew tenta fugir de Fable, esta regressa à sua vida. Uma vida onde a sua mãe não quer saber de forma alguma de si ou do seu irmão mais novo, sendo Fable quem trabalha para trazer alimento para a mesa e pagar as despesas da casa. Farta de chegar do trabalho e encontrar constantemente a mãe num estado assustador, Fable decide sair de casa e levar o seu irmãozinho consigo, para uma casa mais pequena numa zona melhor da cidade, tudo isso graças ao emprego fantástico que conseguira quando a sorte lhe batera à porta. O que não esperava era nesse emprego ter que servir o jantar a toda a equipa de futebol do liceu, à qual Drew pertencia...

Mais uma vez adorei esta história! Neste livro não somos introduzidos às personagens principais, antes pelo contrário, já sabemos o que elas sofreram e apenas queremos descobrir como se irão encontrar de novo e fazer as pazes. Claro que começamos a leitura sabendo que tudo irá terminar bem, apenas queremos saber o que irá acontecer para acabar bem.

O motor de toda a história acaba essencialmente por ser Farble. Apesar de toda a leitora romântica gostar de um rapaz fantástico, apaixonado e giro como Drew, este durante grande parte da ação esteve triste e deprimido, tentando apenas não se encontrar com Farble. Já esta, apesar de também andar triste e em baixo, continua a lutar por uma vida melhor para si e essencialmente para o seu irmãozinho. É uma mulher de armas e está decidida a dar luta antes de se sentar deprimida e triste no sofá.

Para além de Fable, outro grande ingrediente neste livro são as personagens que são o perfeito oposto um do outro. Temos a personagem lutadora e a personagem que se deixa ir abaixo. Aquela que "dá a energia" e a que "retira a energia em excesso". São personagens que acabam por se completarem e é essa história, até eles compreenderam que se completam, que vamos acompanhando.

Um livro que gostei imenso e um bom desfecho para a história de Drew e Farble. Agora espero pelo próximo livro desta coleção, onde iremos conhecer a relação entre a nova amiga de Farble e o seu chefe e se os ingredientes forem os mesmos, sem dúvida que quero ler esse livro!

0 devaneios :