Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 5 de março de 2017
Autora: Sarah Maclean
ISBN: 9789898800176
Edição ou reimpressão: 11-2015
Editor: TopSeller
Páginas: 352

Sinopse:
Lady Philippa Marbury, ou Pippa, é… estranha. É jovem, bela e filha de um marquês respeitado da sociedade, mas interessa-se por livros em vez de rapazes, por ciência em vez de passeios, e por laboratórios em vez de amor. O seu plano é casar-se em breve com o seu noivo, um homem simples, e viver o resto dos dias em sossego com os seus cães e as suas experiências científicas. Mas antes do casamento, Pippa tem duas semanas para experimentar tudo o resto. Quinze dias para fazer pesquisa sobre as partes excitantes da vida. Não é muito tempo e, para o fazer, precisa de um guia que esteja familiarizado com os recantos mais obscuros de Londres.
Ela precisa de Cross: o sócio da casa de jogo mais exclusiva da cidade, e que tem fama de ser o maior conhecedor do mundo do vício e dos prazeres. Mas a fama muitas vezes esconde segredos negros, e quando a nada convencional Pippa lhe pede que lhe arruíne a reputação, isso vai ameaçar tudo o que ele sempre se esforçou por proteger.


Opinião:
Adoro romances históricos!! Então se sei que as personagens são viciantes e que estão sempre a implicar uma com a outra... ainda mais vontade me dá de ler. Eu já tinha lido o primeiro livro desta coleção e como tal já sabia mais ou menos o que esperar. Além de ter adorado a personagem que me fora apresentada de Philippa, a personagem principal deste livro, sabia que ia ter algo em mãos que apenas ia largar quando terminasse.

Philippa é demasiado inteligente para o seu próprio bem. Apesar de ser bonita e ter a educação de uma dama, é demasiado aluada para seguir essa educação. Está sempre de cabeça enfiada nos livros e é uma pessoa que pensa sempre analiticamente sobre todos os assuntos da sua vida. É assim que escolhe o cavalheiro com quem irá casar. Um homem que é simpático e que parece que será um bom partido, apesar de não lhe deixar o coração a pular que nem louco, que é o que todos os livros dizem que acontece quando há amor na relação.

Quando se apercebe que não é normal o marido nunca tentar fazer um avanço que seja, decide recorrer à ajuda do mais libertino homem da cidade, Cross, um dos sócios da casa de jogo mais exclusiva e libertina da cidade. E está decidida com a ajuda dele a chamar a atenção do seu noivo e a fazer com que este sinta pelo menos vontade em estar com ela. Mas se há coisa que Cross não se sente à vontade é a ensinar a uma inocente dama da sociedade como encantar o noivo... especialmente quando Cross começa a querer essa dama só para si...

Um livro que me prendeu do início ao fim. Adorei toda a narrativa, as personagens, a escrita... Philippa prende os leitores de uma ponta à outra da história. Apesar de, como em todos este livros, ser uma jovem bonita que não tem noção disso, é um leitora compulsiva, sempre de nariz enfiado nos livros e com uma curiosidade que não fica bem nas senhoras da altura. Isso fez-me adorar a personagem deste o início. A juntar a isso, não tem medo de responder à altura, sendo direta e muito engraçada.

Tudo características que prenderam Cross, um dos homens mais famosos da sociedade, não apenas por ser o dono de um dos grande centros de jogos, mas por ser um libertino que não se farta de ter sucesso entre a mulheres. E acaba por descobrir na estranha Philippa uma mulher como nunca conhecera, e isso prende-lhe a curiosidade como nunca pensara.

Um livro que adorei e que me soube muito bem ler. Leve, divertido e viciante. Aconselho!

0 devaneios :