Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 17 de julho de 2017
Autora: Elizabeth Hoyt
ISBN: 9789897414664
Edição ou reimpressão: 05-2016
Editor: Quinta Essência
Páginas: 392

Sinopse:
Famoso pelos seus desejos selvagem e sensuais, Lazarus Huntington, Lorde Caire, anda à procura de um assassino cruel em St. Giles, o bairro da lata mais famoso de Londres. A viúva Temperance Dews conhece St. Giles como a palma da mão - passou a maior parte da vida a cuidar dos seus habitantes no lar de órfãos que a sua família estabeleceu. Agora essa casa está em risco.
Caire faz uma oferta simples: em troca da ajuda de Temperance para navegar os becos perigosos de St. Giles, ele irá apresentá-la à alta sociedade de Londres para que ela possa encontrar um benfeitor para o lar. Mas Temperance pode não ser tão inocente como parece, e o que começa por ser um calculismo frio em breve se transforma numa paixão que nenhum deles pode controlar - e que pode muito bem destruir ambos.


Opinião:
Sempre gostei muito desta autora. Sei sempre o que me espera ao agarrar nestes livros e sempre com uma pitada de surpresa e inovação nas personagens e é isso que gosto e que me leva sempre a ler os seus livros. As capas desta autora são também sempre dentro do mesmo estilo e facilmente ao olharmos para ela percebemos quem escreveu o livro, o que deixem que vos diga... na prateleira fica lindo!!

Temperance é uma viúva determinada e com uma força de vontade para dar e vender. Em conjunto com a família, gere um orfanato que vivia às custas de patronos mais ricos, mas quando o atual patrono falece e os descendentes deste decidem que não querem continuar a dar dinheiro ao lar, Temperance vê-se a braços com uma grande crise económica, sem saber se conseguirá continuar a alimentar as crianças que ali habitam e que dependem de si e da sua família para tudo...

Lorde Caire, ou Lazarus Hutington, é um homem com um objetivo... Encontrar o assassino da ex-amante e saber a razão por trás de tal assassinado. Mas não conhece assim tão bem St. Giles ao ponto de poder começar uma investigação sozinho. É assim que fica a conhecer Temperance e ao saber que esta precisa de um patrono para o lar chegam a uma solução. Temperance conduz Lazarus pela pobre e perigosa St. Giles e este leva-a a conhecer pessoas que poderiam estar interessadas em ser seus patronos e a salvar o orfanato.

Como devem calcular, neste livro as duas personagens acabam por se envolver num romance, extremamente sensual devo dizer, e que leva com que Temperance finalmente aceite um homem na sua vida e Lorde Caire volte a "sentir" algo por alguém.

Foram personagens que gostei de seguir, especialmente Temperance. Achei-a uma personagem forte, decidida e amada, o que me fez segui-la com vontade e querer ficar a saber mais e mais sobre ela. Lorde Caire acaba por ser uma personagem mais obscura, com vontades peculiares na cama e este é um traço abordado de imediato no livro. Pois se há algo que Caire gosta é de escandalizar pessoas e ele tenta de imediato fazê-lo com Temperance, também como forma de se certificar que esta ficava longe dele.

A escrita da autora, tal como nos restantes livros, é simples, de rápida leitura e é um livro que se lê em poucas horas. Perfeito para viagens de transportes públicos pois se pararmos de repente de o ler não nos perdemos na história, sendo sempre fácil entrar no ambiente da narrativa.

Um livro de que gostei.

0 devaneios :