Quem sou eu?

A minha foto

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Amo-te (quase) para Sempre" de Erin Lyon

Passatempo

Passatempo
Até 14 de abril

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 23 de setembro de 2017
Autora: Megan Maxwell
ISBN: 9789896578916
Edição ou reimpressão: 04-2017
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 512

Sinopse:
O romance é passado na Inglaterra do século XIV. Lady Megan Phillips - jovem muito bela e lutadora cuja vida não tem sido fácil, e , o highlander Ducan McRae, acostumado a chefiar exércitos, a comandar batalhas e a sair vitorioso de todas.
Esta nova série tem como protagonistas mulheres com um intrépido espírito guerreiro, que perseguem os seus ideais e conjuga o romance histórico com o erotismo.


Opinião:
Já tinha alguma curiosidade em ler este livro e depois de ler as críticas esta ainda aumentou mais. A realidade é que cada vez existem mais romances históricos com nuance de erótico e desconfiei que este seria apenas mais um, daí o meu receio. Mas depois de ver o que se dizia sobre este livro tive que ler!!

Megan e Shelma são duas irmãs habituadas a que lhes deixem fazer o que apetece. Sabem lutar, têm opiniões fortes e não se encolhem perante o perigo. E têm como irmão a maior peste que já conheci, desde sempre. Uma criança casmurra que sempre fora protegida e deixada livre.

Devido a ironias do destino as duas irmãs acabam por ficar destinadas a dois irmãos highlanders do clã McRae, tendo Megan ficado com o chefe do clã, um homem com quem no início não consegue lidar. São ambos teimosos demais para o seu próprio bem e apesar de Ducan gostar da personalidade de Megan odeia quando esta a mostra em frente aos seus homens, desafiando a sua autoridade, o que leva a que tenham imensos problemas.

Por outro lado os irmãos das nossas personagens principais desde o início que se dão bem, falam abertamente e sabem como agir em privado e perante o clã, demonstrando como um casal tão diferente consegue sobreviver se souberem respeitar-se mutuamente.

Foi um livro que me prendeu do início ao fim e posso dizer que gostei mais do que a coleção "Pede-me o que Quiseres", da mesma autora. E nota-se bem o toque da autora no livro, pela maneira de pensar das personagens, especialmente de Megan. A autora gosta de criar personagens femininas respondonas e que pensam por si mesmas e isso nota-se em Megan. Gostei mais deste livro do que dos da coleção anteriormente referida pois é menos erótico e Megan não me irrita tanto como a protagonista da outra coleção. Consegui criar mais empatia por ela, apesar de continuar a achar que por vezes tinha atitudes um pouco infantis.

Adorei todas as personagens, li a história de forma rápida e fluída e recomendo este livro a todos que querem conhecer a autora ou simplesmente matar saudades!

0 devaneios :