Quem sou eu?

A minha foto

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Sonhos Proibidos" de Lesley Pearse

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 15 de abril de 2018
Autora: Lorraine Heath
ISBN: 9789898849786
Edição ou reimpressão: 11-2016
Editor: TopSeller
Páginas: 336

Sinopse:
Nascido nas ruas mas educado na aristocracia, Drake Darling não consegue fugir das suas origens humildes, sobretudo porque Lady Ophelia Lyttleton lhas relembra constantemente.
Para ela, Darling nunca será um verdadeiro nobre.
Até ao dia em que Darling salva Lady Ophelia de se afogar nas águas do Tamisa e descobre que ela sofre de uma inexplicável perda de memória. Aproveitando essa oportunidade, ele decide castigar Lady Ophelia, convencendo-a de que ela é sua criada.
Contudo, enquanto brinca a este malicioso jogo, Darling fica inevitavelmente rendido ao charme de Lady Ophelia.
Ophelia parece corresponder aos seus sentimentos, mas está inquieta. Sente que algo na história dele não bate certo. E quando recupera finalmente a memória, fica devastada e aterrorizada com a traição de Darling. Agora, ele terá de provar que merece a confiança dela para reconquistar o seu coração.
Poderá a paixão ser mais forte que o preconceito?


Opinião:
Gostei tanto deste livro! Acho que há algum tempo que um livro do género não me prendia tanto. Uma história original, personagens interessantes e uma excelente escrita. Uma boa introdução à autora, pois apesar de este ser o segundo da saga, comecei por ele, afinal estas sagas dá sempre para "saltar" um pouco os livros.

Lady Ophelia é uma verdadeira nobre. Nascida do sangue mais puro, com maneiras sem iguais e uma fortuna na mesma linha, Ophelia sempre se sentiu depreciativa em relação a Drake Darling, um rapaz nascido do nada que teve a sorte de ser adotado por uma boa família... aliás por uma das melhores famílias da mais alta aristocracia. Por outro lado Darling não sabe como é que uma mulher tão bonita pode ser tão fria e altiva. Um verdadeiro iceberg que Darling não consegue deixar de se sentir tentado a irritar. Especialmente quando Ophelia se decide a olhá-lo de cima e a dizer coisas deveras desagradáveis sobre ele.

Quando um azar do destino leva a que Ophelia sofra uma acidente, Drake encontra-a inconsciente na água. Tentando ajudá-la, acaba por descobrir que Ophelia está com amnésia e não se lembra de nada e farto de ser tratado como lixo por ela, tem a ideia de lhe aplicar um pequeno "tratamento", dizendo-lhe que é a sua criada! Algo que acaba por ser mais do um simples castigo.

Foi um livro que me surpreendeu. Antes de qualquer coisa temos que falar da personagem feminina. Nunca pensei gostar tão pouco de uma personagem feminina. Altiva, com a mania que é superior a outros e que adora gozar com Drake, com quem sentimos de imediato simpatia. Quando a autora nos apresenta a personagem tenho que dizer que nunca pensei que fosse gostar dela...

Já Drake acaba por ser descrito e criado de forma a que o leitor sente empatia imediata por ele. Vindo do nada, sabe o valor das coisas e esforça-se para que os pais, as pessoas que o acolheram, sintam orgulho nele. E até é aceite bem na sociedade, não fosse Ophelia.

A química entre as personagens é palpável desde o início e com o decorrer da história parece que se torna algo visível. Acabamos por conhecer bem as personagens, por querer saber mais sobre elas e gostei do decorrer da história e do seu crescimento.

Um livro que gostei e uma autora que quero continuar a acompanhar. Recomendo!

0 devaneios :