Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 9 de novembro de 2011
Autor: Anne Bishop
P.V.P.: 17,96 €
ISBN: 9789896373856
Nº de Páginas: 384
Editora: Saída de Emergência 
 
"Uma saga que combina a ambiguidade moral e a brutalidade da obra de GEORGE R. R. MARTIN" - Library Journal


AS ÁRVORES AVISAM-NOS QUE ESTÃO EM PERIGO...

Ari, a última descendente de uma longa linhagem de bruxas, pressente que o mundo está a mudar... e está a mudar para pior. Há várias gerações que ela e outras como ela zelam pelos Lugares Antigos, assegurando-se de que o território se mantém seguro e os solos férteis. No entanto, com a chegada da primeira Lua Cheia do Verão, as relações com os seus vizinhos azedam-se. Ari já não está segura. Há muito que o povo Fae ignora o que se passa no mundo dos mortais. Só o visitam, através das suas estradas misteriosas, quando desejam recrear-se. Agora esses caminhos desaparecem a pouco e pouco, deixando os clãs Fae isolados e desamparados. Onde sempre reinara a harmonia entre o universo espiritual e a natureza, soam agora avisos dissonantes nos ouvidos dos Fae e dos mortais. Quando se espalham nas povoações boatos sobre o começo de uma caça às bruxas, há quem se interrogue se os diversos presságios não serão notas diferentes de uma mesma cantiga. A única informação que têm para os nortear é uma alusão passageira aos chamados Pilares do Mundo...

Ler Excerto


Sobre autor: Muito cedo começou a escrever, mas sentindo que lhe faltava as faculdades necessárias para escrever histórias longas, deixou de o fazer por um longo período.
Então cresceu e foi ganhar a vida o que lhe fez bem e foi necessário, até que vários anos depois uma pequena história surgiu-lhe.
Era uma pequena história que parecia um pouco desestruturada, mas a autora foi moldando o melhor que pôde até que tivesse qualidade suficiente para ver a luz do dia, e mostrou-a a todos os seus amigos.
Pouco tempo depois, uma outra história surgiu e muitas outras pequenas histórias foram-se acumulando.
Durante os anos em que foi moldando essas pequenas histórias começou a ler livros e revistas sobre escrita (e, mais tarde sobre a organização e a gestão do tempo). Á medida que trabalhava e lia foi-se tornando mais hábil e pôde moldar histórias maiores.
Até que chegou um dia em que algo emergiu do conjunto de todas essas histórias e quando apercebeu-se tinha com ela um romance.
Então a dada altura acabou por partilhar o seu espaço habitacional, entre outras coisas, com uma quantidade incomensurável de documentos e um grande número de personagens.
Anne Bishop vive no norte do estado Nova Iorque onde gosta de passar o tempo a jardinar, ouvir música, e a escrever negros romances. É autora de onze romances, incluindo a premiada Trilogia das Jóias Negras.

0 devaneios :