Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 19 de março de 2012
PVP: 17,90 €
420 Páginas

Nunca se sabe que laços podem unir diferentes vida.

Há cinco anos, Isobel e Giles inauguraram um centro de artes na sua mansão escocesa. Agora, com mais um curso de escrita criativa prestes a iniciar-se, aguardam a chegada de um grupo a contas com o passado.
Determinada a começar uma nova vida, Louisa Forrester parte para a Escócia em busca de aventura, novos relacionamentos e de uma segunda oportunidade.
Marnie Donovan é uma jovem americana que, após um passado marcado por vários abandonos, decide dar um novo sentido à vida. E para tal, quer encontrar a casa de infância de que a misteriosa benfeitora tanto lhe falara e assim honrar a sua memória.
Isobel Grant é uma mulher divertida e a perfeita anfitriã. Mas enquanto tenta manter as aparências de uma vida familiar idílica, enfrenta o maior desafio da sua vida, que coloca em causa o próprio casamento.
No decorrer do curso, Louisa e Marnie sentem uma crescente atração pelo enigmático Christopher Piper e, em pouco tempo, vão ser forçadas a encarar os seus medos mais recônditos e as escolhas que fizeram.


A escritora Mary Sheepshanks, que também escreve com o seu nome de solteira Mary Nickson, nasceu e cresceu em Eton College, onde o pai dava aulas, mas passou todas as férias de infância em casa dos avós, em Snowdonia, no campo, paixão que lhe ficou até hoje e que se revela nos seus livros. Viu o seu primeiro poema publicado quando tinha dezassete anos embora escrevesse desde tenra idade. O seu nome figura em várias antologias e revistas de poesia e em jornais como o The Spectator, The Times ou Yorkshire and Farmers Weekly.
Em 1995, após a morte do marido, a quem prometera levar adiante a paixão pela escrita, publicou o primeiro romance. A Ilha dos Encantos está traduzido para várias línguas e todos os seus romances têm sido bem recebidos tantos pelos leitores como pela crítica.
Vive atualmente em Perthshire, na Escócia. Tem três filhos e vários netos.

0 devaneios :